PrimeWork (Ano IX)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Posts recentes

  • Agenda

    julho 2016
    D S T Q Q S S
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  

Archive for 18 de julho de 2016

Como usar o Snapchat para promover a sua empresa

Posted by HWBlog em 18/07/2016

snapchatSe você ainda não usa o Snapchat, atente-se. É mais uma rede social que está se tornando a queridinha da vez por webcelebridades, formadores de opinião, veículos de comunicação, organizadores de eventos e shows, etc. Apesar do crescimento de usuários que a ferramenta vem contabilizando nos últimos meses, a adesão do “mundo corporativo” ao app ainda é muito baixa, principalmente no Brasil.

Para a especialista em Marketing Digital, Ana Tex, esse “bloqueio” das grandes corporações ao Snapchat pode estar ligado à informalidade que o aplicativo tem. “É uma inovação. Fato. Qualquer novidade nesse mercado deixa as empresas receosas. Além disso, é uma rede social informal e muitas companhias não estão preparadas para lidar com esse tipo de linguagem”, afirmou.

Os idealizadores do Snapchat já afirmaram uma vez que o aplicativo foi pensado para usuários comuns, deixando o corporativo de lado. Mas com o crescimento de “snapchaters”, as empresas viram na ferramenta um excelente canal de promoção e divulgação de seus produtos. O mais perto do “business” que o Snapchat conseguiu chegar até agora foi o “Discover”, uma área dedicada a veículos de comunicação como, National Geographic, People, CNN, MTV, entre outros. Mas ali são postadas algumas notícias ou algum conteúdo especifico destes canais, sem interação nenhuma com o usuário.

Ana afirma que a empresa que deseja ter um bom conteúdo publicado no Snapchat deve ter em seu DNA a inovação. “Existe aspectos positivos e negativos. Dá para ver que viu a sua foto ou vídeo ou quem deu print na tela, demonstrando assim algum tipo de interesse na mensagem. Por outro lado, o Snapchat é pouco intuitivo em relação às outras redes sociais. Não dá para fazer anúncios e não tem como ter um grande controle dos seus seguidores”, comentou.

Uma das primeiras empresas a testar o Snapchat foi a Colcci, durante uma ação do São Paulo Fashion Week. A marca de roupas preparou diversos posts especiais com conteúdos exclusivos para a plataforma, incluindo “flashes” do que estava sendo preparado para o SPFW. Além disso, a Colcci fez cliques direto dos bastidores e da sala de desfile para mostrar sua participação no maior evento de moda do Brasil.

“A fama de que o Snapchat é uma rede social para jovens está mudando bastante. Muitos formadores de opinião, personalidades, empresários, médicos e empreendedores em geral já são bastante ativos e com um grande número de seguidores”, destaca Ana.

Mas quais ações de marketing uma empresa/marca pode desenvolver no Snapchat para se promover? “Mostre bastidores, mostre o dia a dia da empresa ou do empresário, algo mais informal. O vídeo de dez segundos por si só já traz bastante informalidade. Coloque links para que as pessoas possam dar prints e procurar mais informações sobre o seu post fora do Snapchat”, completou

Posted in Tecnologias | Leave a Comment »

Dicas de grandes CEOs para seu negócio

Posted by HWBlog em 18/07/2016

ceoComandar empresas se tornou um desafio ainda maior na atualidade. Há novos modelos de negócios, economia compartilhada, aplicativos, startups e várias formas de impulsionar o negócio, que exigem conhecimentos e resolução de problemas que não havia no passado.

CEOs que passaram por esses percalços e viveram para contar a história possuem bons conselhos sobre isso para quem está começando ou tendo dificuldades. Algumas dessas dicas foram compiladas pelo site da revista Entrepreneur, sobre empreendedorismo. Confira a relação a seguir, com avisos e recomendações de pessoas como Elon Musk (Space X), Ginni Rometty (IBM) e Larry Page (Google).

CONHEÇA SUA TECNOLOGIA
Não dá mais para ser um líder que não sabe operar seus próprios recursos tecnológicos. Quem diz é o especialista do Vale do Silício, Steve Blank. “Startups não são apenas sobre a ideia, mas de testá-la e implementá-la”, afirma. Você não precisa ser um gênio da programação, mas deve ao menos conhecer o método de criação e atualização de seus produtos.

ADAPTE-SE EM QUALQUER CIRCUNSTÂNCIA
Nossa época tem uma velocidade de acontecimentos e mudanças que nunca foi vista antes. Não apenas em inovações, mas também em acúmulo de conhecimento. Por isso Ginni Rometty disse, em 2014, que “o que me mantém acordado á noite é a velocidade, de transformação e para continuar me movendo para o futuro”.

Ou seja, vale a pena perder algumas horas de sono apenas buscando por coisas novas. Aquela inovação que você procura pode estar logo ali, se você continuar observando e aprendendo atentamente.

SEJA RESISTENTE
Elon Musk criou a Space X, que tem o nada modesto objetivo de colonizar Marte. No programa espacial, não foram poucos os tropeços, na tentativa de criar um sistema de pouso que não destruísse a aeronave. Em vez de apenas criticar sua equipe, Musk deu um discurso motivacional e, dois anos depois, essa fase do processo foi superada.

Não é à toa que o bilionário já firmou que é “capaz de trabalhar por 100 horas em uma semana, e ainda ficar insatisfeito com o resultado”. Você pode não estar construindo uma nave espacial, mas com certeza deverá persistir de forma semelhante se quiser obter sucesso.

SEJA UM POUCO LOUCO

“Quando ninguém é louco o suficiente para tentar algo, você perde competição”. Parece loucura – e por que não? -, mas a frase é de Larry Page, do Google. Afinal, muitas das inovações atuais na internet pareceriam sandices se contadas anos antes de serem criadas.

“Seja confiante, erre muitas vezes, e tinha um desprezo saudável pelo impossível” é a dica dele. Chegar longe demanda sonhar alto, e até mesmo suspender o conceito de “realidade” por alguns momentos. Afinal, se inovações fossem óbvias, ninguém ficaria rico por criá-las.

SAIBA QUE NUNCA ESTARÁ “PRONTO”
Dificilmente se sabe a época de ter um filho. Afinal, continuaremos imperfeitos e com problemas para resolver. Com inovações empresariais é a mesma coisa. Se ficar esperando muito, o mais provável é que acabe vendo alguém lançar aquela ideia antes de você.

Quem concorda com essa tese é Marissa Meyer, do Yahoo. “Eu sempre fiz coisas que não estava preparada para fazer. Acho que é assim que crescemos. Quando se chega naquele ponto de pensar ‘nossa, acho que não estou pronto para isso’, insista, e é quando você dará o grande salto”, disse.

TENHA UM PLANO
Michael Dell, fundador da empresa que leva seu sobrenome, disse certa vez. “Você não precisa ser um gênio ou visionário, ou mesmo ter um diploma na sua área, para ter sucesso. Precisa apenas de estrutura e um sonho”. Foi assim que ele transformou, ainda na faculdade, um projeto de upgrade para computadores de dormitórios na Dell, que hoje vale nada menos que US$ 20 bilhões.

Quer dizer, não se menospreze apenas por parecer menos genial que aquele concorrente visto como visionário. O que vai definir o sucesso das empresas, no fundo, é ter um plano concreto e dedicação para ir a fundo nele.

Posted in Estratégia | Leave a Comment »