PrimeWork (Ano IX)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Posts recentes

  • Agenda

    dezembro 2015
    D S T Q Q S S
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  

Archive for 7 de dezembro de 2015

Livros que irão despertar seu guru financeiro interior

Posted by HWBlog em 07/12/2015

Livros 5Leituras podem se tornar base para investimentos de sucesso e entendimento do mercado financeiro

Avesso a leitura até chegar na universidade, Sam Lustgarten, autor do blog Frugaling, passou a tentar adotar uma regra básica de leitura afirmada por, ninguém menos, que Warren Buffett: Leia 500 páginas por dia. Não precisa necessariamente ser de um livro, mas o guru número 1 do mundo dos investimentos absorve tudo e afirma que, ao ler esta quantidade de informações, você está efetivamente investindo em si mesmo. “O conhecimento se acumula, assim como juros compostos”, afirma.

Pensando nisso, Lustgarten reuniu 3 livros que podem se tornar a base para que investidores tenham sucesso e despertem seu lado guru.

  1. Confessions of a Street Addict (Confissões de um Viciado em Wall Street, em tradução livre) por Jim Cramer

“Quando eu estava na faculdade pensei que poderia seguir carreira no mundo dos negócios”, inicia Lustgarten. O mundo dos investimentos e finanças parecia-lhe tentadora e o sonho era conseguir um emprego em Wall Street. “Essas ideias nasceram a partir de uma leitura exaustiva e repetitiva de Confessions”, relembra.

Este livro foge dos conselhos e dicas e tem seu foco no ponto de vista de um guru financeiro e o que ele passou, sofreu e conquistou em seus tempos de Wall Street. “Confession é uma ótima leitura, bem escrito e até desagradável às vezes”, avisa. “Cramer não pinta o mundo financeiro em uma luz bonita, pelo contrário, ele chama atenção para algumas das partes mais loucas do mercado”, comenta Lustgarten.

  1. I Will Teach You To Be Rich (Eu te Ensinarei a Ser Rico, em tradução livre) por Ramit Sethi

“Quando cheguei à faculdade, eu percebi que eu precisava equilibrar meu orçamento e entender melhor o meu fluxo de caixa. Eu estava gastando dinheiro como se não houvesse amanhã. “Viver o momento” me fazia gastar mais do que o eu tinha e estava me fazendo contrair dívidas”, relembra. E, foi com o livro de Sethi que ele aprendeu uma variedade de princípios básicos que o fez voltar aos trilhos.

O livro leva os leitores a uma jornada de aulas e mudanças financeiras. Sethi ensina as pessoas a automatizar finanças e facilmente controlar os gastos. Assim como sugere uma variedade de investimentos que tem como objetivo ajudar o investidor a maximizar sua renda passiva.

Repleto de dicas práticas, o livro é perfeito para os millennials que estão começando sua jornada financeira. “Volto a esse livro com bastante frequência para recordar quais os passos que eu deveria estar tomando para maximizar o meu retorno sobre os investimentos”, comenta Lustgarten.

  1. The Big Short (A Grande Venda, em tradução livre) por Michael Lewis

“Lewis é um pesquisador e escritor talentoso, que tece tramas e intrigas em histórias de forma muito natural. De repente, instrumentos financeiros complexos são conceitos fascinantes e de fácil entendimento”, elogia

The Big é uma leitura obrigatória para pessoas que querem entender melhor crises financeiras e ver quem realmente lucra com quando o mercado financeiro está uma bagunça

 

 

Posted in Livros | Leave a Comment »

Brasil caminha para uma depressão econômica

Posted by HWBlog em 07/12/2015

brasil 1Banco (Goldman Sachs) revisou a sua previsão para o PIB para contração de 3,6% em 2015 (com a demanda interna devendo cair mais de 6%) e recuo de 2,3% no ano que vem

O que começou com uma recessão impulsionada pelas necessidades de ajuste de uma economia com grandes desequilíbrios macroeconômicos acumulados agora está se transformando em uma depressão econômica dada a profunda contração da demanda interna.

Esta é a avaliação do economista para a América Latina do Goldman Sachs, Alberto Ramos, que revisou a sua previsão para o PIB para contração de 3,6% em 2015 (com a demanda interna devendo cair mais de 6%) e recuo de 2,3% no ano que vem após os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Na previsão anterior, o Goldman esperava uma queda de 3,2% da economia este ano e de 1,6% ano que vem.

O IBGE divulgou que a queda do PIB foi de 4,5% no terceiro trimestre de 2015 ante igual período de 2014, o maior recuo nessa base de comparação desde o início da série do instituto, iniciada em 1996.

O economista ressalta que o consumo privado registra queda por três trimestres consecutivos, as despesas de investimento têm baixa por nove trimestres seguidos, enquanto a FBCF (Formação Bruta de Capital Fixo) caiu 21% desde o segundo trimestre de 2013, o que impacta o crescimento da produtividade e deve impactar ainda mais o PIB potencial.

“Surpreendentemente, enquanto o setor privado tem registrado ajuste, o consumo do governo cresceu 0,3% na comparação trimestral. Isto atesta a incapacidade das autoridades para entregar o ajuste fiscal prometido fora os severos cortes no investimento e uma carga fiscal mais elevada”, afirma.

As projeções para baixo do PIB e a queda da demanda doméstico têm como base os contratempos enfrentados pelo País, tais como: (1) condições financeiras desafiadoras, (2) alta inflação, (3) a deterioração adicional do mercado de trabalho, (4) os níveis mais elevados de estoques nos principais setores industriais, (5) tarifas públicas mais altas, (6) os elevados níveis de endividamento das famílias, (7) fraca demanda externa, (8) os preços das commodities mais baixos, (9) a incerteza política crescente, e (10) a baixa confiança dos consumidores e para os negócios.

No lado positivo, uma taxa de câmbio mais competitiva e a fraca procura interna deverá gradualmente elevar a contribuição das exportações líquidas para o crescimento e fornecer um piso para a contração esperado do PIB em 2015 e 2016, afirma o banco.

No lado da demanda, a despesa de investimento tem assumido a maior parte do ajuste e a indústria permanece presa em uma profunda e longa recessão (a produção industrial está atualmente no mesmo nível de setembro de 2005).

Posted in Economia | Leave a Comment »