PrimeWork (Ano IX)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Posts recentes

  • Agenda

    agosto 2013
    D S T Q Q S S
    « jul   set »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031

Archive for agosto \12\-03:00 2013

As 3 diferenças entre a pessoa produtiva e a pessoa ocupada

Posted by HWBlog em 12/08/2013

produtividade 4Uma frase extremamente comum no mundo corporativo é “Não tenho tempo para nada!”. Como fã da democracia, eu sou obrigado a discordar! O tempo é um dos poucos recursos que todas as pessoas têm, igualmente.

Por outro lado, a forma que você aproveita as suas 24 horas, aí sim são outros 500.

Se está entre as pessoas que “não tem tempo pra nada”, confira abaixo algumas diferenças de postura que podem te levar a um dia-a-dia muito mais produtivo.

1. Ocupar o tempo vs. aproveitar o tempo
Existe uma coisa chamada Lei de Parkinson, que diz que “O trabalho se expande para preencher o tempo disponível para ser concluído”. Ou seja, se você fala pra uma pessoa ocupada “Você tem até tal hora para entregar algo”, essa pessoa dará um jeito de ocupar essas horas, mesmo que o prazo esteja extremamente folgado.

Por outro lado, as pessoas produtivas pensam “Preciso entregar essa tarefa. Vou dar um jeito de aproveitar as horas que tenho e entregar o máximo possível”.

Com esses pensamentos diferentes, dificilmente uma pessoa ocupada entregará algo antes do prazo. Em compensação, a pessoa produtiva está sempre pensando em formas de entregar além do esperado.

2. Fazer o que acontece vs. fazer acontecer
Uma pessoa “ocupada” se distrai muito fácil. Isso acontece porque sem um objetivo claro, qualquer interrupção parece relevante e o que é importante mas não é urgente fica sempre deixado pra depois.

A pessoa produtiva sabe que precisa alcançar um objetivo importante. Tudo que não estiver relacionado com esse objetivo deve ser ignorado até o objetivo seja alcançado.

Faz sentido imaginar um piloto de F1 checando o Facebook a cada 5 minutos durante a corrida? Por que faria pra você?

3. Seguir as regras vs. criar as regras
Pessoas sem postura produtiva normalmente recebem uma sequência de tarefas e saem executando sem entender muito bem o porquê. Isso tira a motivação e aumenta muito a dificuldade da tarefa.

Em compensação, pessoas produtivas fazem questão de entender exatamente onde precisam chegar. A partir disso, elas conseguem criar seus próprios planos e executá-los de maneira eficiente.

Conclusão: Produza ou descanse, enrolação é desperdício
Que fique bem claro, trabalhar 37 horas por dia dificilmente é a coisa mais produtiva a se fazer. Assim como qualquer máquina, o corpo humano precisa de manutenção e se você não tiver momentos para descansar, uma hora a máquina quebra.

Por isso, não tem problema algum checar Facebook e/ou LinkedIN, tirar um cochilo ou levantar pra tomar uma água, desde que seja num momento em que você esteja conscientemente descansando.

3 The differences between the person productive and busy person

An extremely common phrase in the corporate world is “I have no time for anything!”. As a fan of democracy, I am forced to disagree! Time is one of the few resources that all people have, also.

On the other hand, the way that you enjoy your 24 hours, but there are other 500.

If you are among people who “do not have time for anything,” check out some differences of approach that can take you to a day-to-day much more productive.

1. Occupy vs. time. take the time
There is something called Parkinson’s Law, which states that “Work expands to fill the time available to complete.” That is, if you talk to a busy person “until such time you have to deliver something”, that person will find a way to fill those hours, even if the deadline is extremely loose.

On the other hand, productive people think “I need to deliver this task. I’ll find a way to enjoy the time I have and deliver as much as possible. ”

With these different thoughts, hardly a busy person deliver something before the deadline. In contrast, the productive person is always thinking of ways to deliver beyond expectations.

2. Doing what happens vs. make it happen
A person “busy” gets distracted easily. This is because without a clear purpose, any interruption seems relevant and what is important but not urgent is always left for later.

A productive person know you need to achieve an important goal. Anything not related to this goal should be ignored until the goal is reached.

It makes sense to imagine an F1 driver checking Facebook every five minutes during the race? Why would I do for you?

3. Follow rules vs. create rules
People without productive posture usually get a sequence of tasks and leave running not quite understanding why. This takes away the motivation and greatly increases the difficulty of the task.

In contrast, productive people are keen to understand exactly where they need to reach. From there, they can create their own plans and execute them efficiently.

Conclusion: Produce or rest, bullshit is a waste
Let me be clear, working 37 hours a day is hardly the most productive thing to do. Like any machine, the human body needs maintenance and if you do not have time to rest an hour the machine breaks.

So it has no problem checking Facebook and / or LinkedIN, take a nap or get to take a water, since it is a time when you are consciously resting.

Posted in Produtividade | 2 Comments »

Qual a Importância do Plano de Negócios para sua Empresa?

Posted by HWBlog em 09/08/2013

planejamento 04Mais do que moda, é realidade para as empresas vencedoras elaborarem um plano de negócios estratégico que alinhem as necessidades das empresas com suas realizações.

Hoje em dia muitas empresas buscam crescimento e ascensão e realizar um plano de negócios é um passo importante nesse processo.

Porém, pergunta-se: Se o plano de negócios é um documento sobre o futuro que espero do meu negócio, e o papel aceita tudo, qual é a credibilidade que ele pode ter? Como o investidor se assegura da veracidade desse documento?

Um plano de negócios serve para vários propósitos. Quando um empreendedor resolve usar o plano de negócios para obter apoio é porque já identificou a viabilidade do projeto e acredita no seu sucesso.

É esperado que o plano contemple ações para minimizar ou eliminar tais dúvidas quando do início do empreendimento. Um bom plano de negócios é transparente com relação aos riscos e problemas, mostra também oque pode ser feito para enfrentar tais dificuldades e incorpora tais ações.

Todo plano deve ser pautado em análises estatísticas de balancetes da empresa, checagem da idoneidade dos sócios e fornecedores de informações, imparcialidade, frente as intenções de sócios, diretores, parceiros, clientes e fornecedores.

No plano de negócios colocam-se dados, fatos e fruto de análises e investigações, mas dedicação, determinação, comprometimento, competência, engajamento, atitude, capacidades e motivação não cabem no papel.

Isso é demonstrado “cara a cara” com a equipe e o investidor, por isso além de um plano bem elaborado é muito importante investir nas pessoas que vão executá-lo.

É preciso, enfim, aceitar que o plano de negócios é mais uma ferramenta que surgiu para auxiliar o empreendedor a conhecer melhor a sua empresa.

Trata-se de um guia que possibilitará o investidor olhar o futuro e até sonhar, mas mantendo sempre os pés no chão. É uma forma de equilibrar a emoção e visão com o racionalismo da análise técnica.

What is the Importance of a Business Plan for Your Company?

More than fashion, it’s reality for the winning companies elaborate a strategic business plan to align business needs with their accomplishments.

Nowadays many companies seek growth and rise and make a business plan is an important step in this process.

However, the question arises: If the business plan is a document about the future hope of my business, and the role accepts all, what is the credibility he may have? As the investor ensures the veracity of this document?

A business plan serves several purposes. When an entrepreneur decides to use the business plan to get support because it has identified the feasibility of the project and believe in your success.

It is expected that the plan contemplates actions to minimize or eliminate such doubts at the start of the project. A good business plan is transparent with respect to the risks and problems, also shows What do can be done to address such difficulties and incorporate such actions.

Every plan should be based on statistical analysis of the company’s balance sheets, checking the suitability of partners and suppliers of information, impartiality, forward the intentions of partners, directors, partners, customers and suppliers.

In the business plan put up data, facts and the result of analysis and research, but dedication, determination, commitment, competence, commitment, attitude, skills and motivation do not fit on the paper.

This is demonstrated “face to face” with the team and the investor, so in addition to a well thought out plan is very important to invest in people who will run it.

We must finally accept that the business plan is another tool that has emerged to help the entrepreneur to know your business best.

This is a guide that will enable the investor to look ahead and dream, but always keeping his feet on the ground. It is a way of balancing emotion and vision with the rationalism of technical analysis.

Posted in Empreendedorismo, Planejamento | Leave a Comment »

Como Fidelizar Clientes na área da Saúde.

Posted by HWBlog em 09/08/2013

fidelizarNão podemos negar que a resistência ao marketing na área de saúde ainda é muito grande, tendo em vista uma concepção ultrapassada de se confundir o marketing com promoção, divulgação e publicidade ostensiva e anti-ética, não adequada para as relações de assistência e saúde.

Marketing em saúde é um meio de controle da qualidade assistencial e uma técnica de aprimoramento de serviços e de satisfação das necessidades e expectativas dos clientes.

O Dr. Edgar Luna define Marketing em Saúde como “o conjunto de estratégias que permite identificar as necessidades de saúde, conforto, bem-estar e qualidade de vida do cliente-paciente, satisfazendo-as através de um atendimento humanizado, com segurança e qualidade, criando dessa forma, valor para a organização e novas oportunidades”.

Certamente, no âmbito do marketing, fidelizar o cliente é um grande desafio, e embora seja menos custoso financeiramente manter um cliente do que conquistar um novo cliente, as ações de marketing atuais, de modo geral, ainda se concentram sobremaneira na captação de clientes.

Dentro desse cenário, podemos ver diversos programas de fidelidade idealizados por companhias aéreas, restaurantes, postos de combustíveis, etc. No entanto, a aplicação desse formato de programas não é, até o momento, viável no mercado de saúde, seria necessário um estudo abrangente e complexo para desenvolver um programa que se adapte a este mercado tão peculiar.

Porém, sabemos que o cliente de saúde busca confiança e segurança nos profissionais que consulta. Além disso, muitos se encontram fragilizados (físico e/ou emocionalmente) por conta de suas enfermidades.

Portanto, uma importante estratégia de fidelização de cliente de saúde é focar na formação de uma equipe de profissionais altamente capacitados para oferecer um serviço técnico de excelência ao cliente, bem como, prestar um atendimento humanizado e qualificado.

A experiência vivida pelo cliente também é um importante fator para fidelizar o paciente, promover experiências encantadoras para o cliente, buscando solucionar seus problemas promovem um elo forte entre paciente e clínica/médico/hospital, além de impulsionar a comunicação boca a boca.

Por exemplo, é muito comum vermos pacientes se queixarem de atrasos nas consultas e tempo de espera longo. Desenvolver um sistema organizado e com facilidades para marcação de consultas, prezando pelo respeito aos horários, poderia criar um diferencial de mercado para aumentar o rol de clientes fiéis.

O fundamental quando você deseja fidelizar seus clientes, é acima de tudo conhecer o perfil de seus pacientes/clientes, por meio de uma pesquisa de mercado e pesquisas de satisfação.

É necessário também desenvolver estratégias de fidelização e ferramentas para monitorar a efetividade de suas ações, para que você possa encontrar o melhor modo de satisfazer seus clientes, garantindo a eles um serviço que atenda suas necessidades e expectativas, tornando-os fieis ao seu serviço.

How to Retain Customers in the area of Health

We can´t deny that the resistance in healthcare marketing is still very large, with a view to an outdated confuse marketing with promotion, marketing and publicity or unethical, not suitable for relations assistance and health.

Marketing health is a means of quality control and technical assistance to improve services and meet the needs and expectations of customers.

Dr. Edgar Luna Marketing Health defines as “a set of strategies for identifying the needs of health, comfort, well-being and quality of life of the client-patient relationship, meeting them through a humanized, with safety and quality thus creating, value to the organization and new opportunities. ”

Certainly, in the marketing, customer loyalty is a big challenge, and although it is financially less costly to keep a customer than to acquire a new customer, marketing actions today, in general, still focus greatly in attracting customers.

Within this scenario, we can see many loyalty programs devised by airlines, restaurants, gas stations, etc.. However, applying this format programs is not, so far, viable market health, would require a complex and comprehensive study to develop a program that suits this market so unique.

However, we know that customers search for health trust and confidence in professional consultation. Furthermore, many are frail (physically and / or emotionally) due to their illnesses.

Therefore, an important customer loyalty strategy is to focus on health training of a team of highly trained professionals to provide a technical service of excellence to the customer as well as, provide humane care and skilled.

The lived experience of the client is also an important factor for patient loyalty, promote enchanting experiences for the customer, seeking to solve their problems promote a strong link between patient and clinic / doctor / hospital, and boost word of mouth.

For example, it is very common to see patients complaining of delays in appointments and long waiting time. Develop an organized system and facilities for appointments, valuing respect to schedules, could create a market differential to increase the list of loyal customers.

The key when you want to engage your customers, it is above all to know the profile of their patients / clients through market research and customer satisfaction surveys.

It is also necessary to develop loyalty strategies and tools to monitor the effectiveness of your actions, so you can find the best way to satisfy your customers, ensuring them a service that meets your needs and expectations, making them loyal to your service.

Posted in Estratégia, Marketing | Leave a Comment »

Confira 5 dicas para reinventar sua carreira

Posted by HWBlog em 09/08/2013

carreira 2Para que você consiga reinventar sua carreira, existem algumas dicas para que você pode seguir

Uma carreira de sucesso depende muito da constante criação de novas ideias e da exploração de diferentes experiências.
Nem sempre um emprego estável é algo positivo.
Algumas vezes você simplesmente precisa inovar.
Para que você consiga reinventar sua carreira existem algumas dicas que você pode seguir:

-Comece pelo seu network:
Reinventar a sua carreira depende muito das pessoas que fazem parte do seu círculo social.
Portanto, se você deseja encontrar novas perspectivas comece pelo seu network.
Encontre pessoas que podem ser interessantes para a área que você procura seguir e que podem ajudar você nessa renovação.

-Esteja disposto a explorar novos interesses e talentos:
Renovação precisa e exploração. Por isso, você precisa estar disposto a se redescobrir.
Tire um tempo para analisar novos interesses e habilidades e então procure coloca-los em prática.

-Interesses em comum podem ser mais valorizados que experiência:
Se você decidiu que pode tentar um novo emprego em uma área no qual você não tem experiência, não se preocupe.
Sabendo exatamente como abordar as pessoas e onde procurar, você pode conseguir o que busca.
Tente encontrar empresas com interesses em comum aos seus, assim como as pessoas com quem você irá se conectar.

-Esteja aberto a novas ideias e direções:
Você não conseguirá reinventar sua carreira se não aceitar ideias novas e se não seguir direções diferentes.
Lembre-se de que você quer inovar e não permanecer no mesmo lugar.

-Nenhum conhecimento pode ser desperdiçado:
Para inovar na carreira, você deve ter em mente que todo conhecimento é válido.
Quanto mais você puder estudar e experimentar, melhor

Check out 5 tips to reinvent your career

So you can reinvent your career, there are some tips that you can follow

A successful career depends largely on the constant creation of new ideas and exploring different experiences.
Not always stable employment is a positive thing.
Sometimes you simply need to innovate.
So you can reinvent your career there are some tips you can follow:

-Start with your network:
Reinvent your career depends a lot of people who are part of your social circle.
So if you want to find new prospects start from its network.
Find people who can be interesting for the area you seek to follow and can help you with this renewal.

-Be willing to explore new interests and talents:
Renovation needs and exploitation. Therefore, you need to be willing to rediscover.
Take time to analyze new interests and skills and then try to put them into practice.

-Interests in common may be more valued that experience:
If you’ve decided you can try a new job in an area in which you have no experience, do not worry.
Knowing exactly how to approach people and where to look, you can achieve what you seek.
Try to find companies with similar interests to yours, as well as people with whom you will connect.

-Be open to new ideas and directions:
You can not reinvent your career if you do not accept new ideas and no follow different directions.
Remember that you want to innovate and not stay in one place.

-No knowledge can be wasted:
To innovate career, you should keep in mind that all knowledge is valid.
The more you can learn and experience, best

Posted in Carreira | Leave a Comment »

Características do empreendedor: Ter paixão pelo que faz

Posted by HWBlog em 08/08/2013

Executivo SeniorDentre todas as características do empreendedor, ter paixão é a mais importante delas. Se você tem paixão pelo que faz, qualquer outra característica é desenvolvida.
Por outro lado, um empreendedor sem paixão pode ter qualquer outra característica que dificilmente chegará muito longe.
Pessoas apaixonadas inspiram outras pessoas
Na prática, empreender é a arte de conquistar a simpatia de pessoas por você e pelas pessoas da sua empresa. Por mais clichê que seja, empresas são feitas de pessoas. Se você é apaixonado(a) pelo que faz, as outras pessoas perceberão isso e te darão mais valor.
Ter paixão pelo que faz é fundamental para conquistar a simpatia dos seus clientes, fornecedores, funcionários, parceiros, etc. Ninguém gosta de fazer negócios com pessoas “mornas”.
Paixão te dá motivação para seguir em frente
Mesmo com toda paixão do mundo, existirão inúmeros obstáculos na sua frente. Se com paixão já é difícil seguir em frente, imagina só a dificuldade que é enfrentar todos os obstáculos em um projeto que não te instigue.
Uma das barreiras mais difíceis de quebrar é o medo da crítica. Ninguém gosta de ser criticado. Porém, se você é realmente apaixonado pelo que faz e confia que está fazendo a coisa certa, você pode muito bem colocar a foto de um unicórnio e um cachorro no seu artigo e não ter medo de ser criticado por isso.
Paixão pelo seu projeto te dá auto-confiança para vender seus serviços
Se podemos escolher uma palavra mágica para o mundo dos negócios, essa palavra é: credibilidade.
A não ser que você seja um ótimo charlatão, é muito difícil passar credibilidade na hora de vender alguma coisa que você não acredite do fundo do seu coração. Vender algo que você acredita é a forma mais fácil de mostrar os benefícios do seu produto/serviço.

Conclusão

É possível que você esteja feliz e seja extremamente competente fazendo algo que não seja sua verdadeira paixão. Porém, vai por mim que você estaria muito mais feliz fazendo algo que te dê um senso de realização.
Por mais louco que pareça, se você não está atualmente trabalhando na sua melhor ideia, você está perdendo tempo que não irá voltar.
Como já dizia a Apple “As pessoas que são loucas ao ponto de achar que podem mudar o mundo, são as que o fazem”.

Characteristics of the entrepreneur: Having passion for what you do

Among all the characteristics of the entrepreneur, having passion is the most important one. If you have passion for what he does any other feature is developed.
On the other hand, an entrepreneur without passion may have any other characteristic that hardly reach very far.
Passionate people inspire others
In practice, undertake is the art of winning the sympathy of people by the people for you and your company. As cliché as it is, companies are made of people. If you are passionate about (a) what it does, other people will realize this and will give you more value.
Have passion for what you do is essential to win the sympathy of their customers, suppliers, employees, partners, etc.. Nobody likes to do business with people “warm”.
Passion gives you motivation to move on
Even with all the passion of the world, there will be many obstacles in front. If passion is hard to move on, just imagine how difficult it is to face all obstacles on a project that will not instigate.
One of the most difficult barriers to break is the fear of criticism. Nobody likes to be criticized. However, if you are really passionate about it and trust you are doing the right thing, you might as well put a picture of a unicorn and a dog in his article and not be afraid of being criticized for it.
Passion for your project gives you self-confidence to sell their services
If we choose a magic word to the business world, this word is: credibility.
Unless you are a great charlatan, it is very difficult to provide credibility when selling something you do not believe from the bottom of his heart. Sell ​​something you believe is the easiest way to show the benefits of your product / service.

Conclusion

It is possible that you are happy and is highly competent doing something that is not his true passion. But trust me you would be much happier doing something that gives you a sense of accomplishment.
As crazy as it sounds, if you are not currently working on your best idea, you’re wasting time that will not come back.
As already said Apple “People who are mad to the point of thinking that can change the world, are the ones who do.”

Posted in Empreendedorismo | Leave a Comment »

Você sabe o que é Crowdlearning?

Posted by HWBlog em 04/08/2013

crowdlearningMuito se fala em crowdsourcing, o parente mais conhecido da família do “Todo mundo junto e criando”. Existe também o modelo de crowdfunding que chega a ser um pouco conhecido no Brasil. Vou explicar de forma rápida como funcionam esses dois modelos:

O crowdsourcing é um modelo de produção que utiliza a inteligência e os conhecimentos coletivos e voluntários espalhados pela internet para resolver problemas, criar conteúdo e soluções ou desenvolver novas tecnologias. O crowdsourcing possui mão-de-obra barata, pessoas no dia-a-dia usam seus momentos ociosos para criar a colaboração.

O crowdfunding de forma bem simples, é o termo para usar quando a gente fala de iniciativas de financiamento colaborativas. Traduzindo para o português seria algo como “financiamento pela multidão”. A ideia é que várias pessoas contribuam, com pequenas quantias, de maneira colaborativa, a viabilizar uma ideia, um negócio, um projeto.

Nesse modelo de crowdfunding, existem bons exemplos no Brasil. O Catarse.me, uma plataforma brasileira, que financia projetos de maneira colaborativa e o VamosTrazer, plataforma criada pelo humorista e empreendedor Murilo Gan, que mobiliza pessoas para que artistas possam fazer seus shows em diversas cidades.

Mas, o que é o Crowdlearning?

Crowd é multidão. Learning é aprendizagem. E crowdlearning é um modelo em que pessoas apaixonadas pelos mesmos assuntos aprendem e ensinam lado a lado. Sem envolvimento financeiro (podendo ter, claro…), mas focado no ensinamento e aprendizado coletivo.

No Brasil temos uma plataforma muito interessante que desenvolve essa ideia e está em fase beta. O Nós.vc, plafatorma de crowdlearning brasileira, proporciona o aprendizado coletivo através de encontros inspiradores. “Todo mundo quer aprender alguma coisa. E todo mundo tem algum conhecimento que gostaria de ensinar.” Cita os fundadores do site.

Para conhecer um pouco mais, acesse o site e entenda como funciona. Eu confesso que gostei bastante da ideia e conceito. Parabéns aos criadores do Nós.vc!

Abaixo, segue um vídeo sobre a ideia do Nós.vc.

You know what Crowdlearning?

Much is said in crowdsourcing, best known relative of the family “Everyone together and creating.” There is also the model of crowdfunding that it’s a little known in Brazil. I’ll quickly explain how these two models:

Crowdsourcing is a production model that uses the collective intelligence and knowledge and volunteers around the internet to solve problems, create content and solutions or develop new technologies. Crowdsourcing has cheap labor, people’s day-to-day use their idle moments to create collaboration.

Crowdfunding quite simply, is the term to use when we talk about collaborative funding initiatives. Translating into Portuguese would be something like “funding by the crowd.” The idea is that several people contribute small amounts, collaboratively, to enable an idea, a business, a project.

In this model of crowdfunding, there are good examples in Brazil. The Catarse.me a Brazilian platform, which finances projects collaboratively and VamosTrazer platform, created by comedian and entrepreneur Murilo Gan that mobilize people so that artists can do their shows in various cities.

But what is the Crowdlearning?

Crowd is crowd. Learning is learning. And crowdlearning is a model in which the same subjects passionate people learn and teach side by side. No financial involvement (may have, of course …), but focused on teaching and learning collective.

In Brazil we have a very interesting platform that develops this idea and is in beta. The Nós.vc, plafatorma of Brazilian crowdlearning provides collective learning through inspiring encounters. “Everyone wants to learn something. And everyone has some knowledge that would teach. “Cites the founders of the site.

To learn more, visit the site and understand how it works. I confess that I quite liked the idea and concept. Congratulations to the creators of Nós.vc!

Below is a video about the idea Nós.vc.

Posted in Empreendedorismo | Leave a Comment »