PrimeWork (Ano VII)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Tópicos recentes

  • Agenda

    junho 2013
    D S T Q Q S S
    « maio   jul »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30  

Tudo é Política

Posted by HWBlog em 05/06/2013

políticaConversando recentemente com um jovem sobre comportamento empresarial, falei da importância da política.

Em qualquer ramo de negócios, política não é um esporte para espectadores.
Você não poderá ser apolítico no trabalho se quiser crescer.
A única maneira de evitar a política é evitar as pessoas, exercendo suas funções em um refúgio oculto. E essas serão, sem dúvida, as mesmas funções que executará pelo resto de sua vida se permanecer politicamente isolado.

Em qualquer trabalho, quando você atinge certo grau de competência técnica, é a política que faz toda a diferença para se alcançar o sucesso. E nesse ponto, acredite, tudo é política. Profissionais brilhantes são derrotados todos os dias por seus colegas adeptos do jogo político porque falham na hora de conseguir o apoio a suas ideias.

A política envolve, algumas vezes, visibilidade e submissão às regras, mas está quase sempre, relacionada à capacidade de expor suas ideias de modo favorável e de saber o que dizer, sobretudo como, quando e a quem dizê-lo. A recusa de participar do que talvez considere “a incivilidade do jogo político” é uma atitude que o manterá afastado da estrada, observando, desamparado, o fracasso de suas aspirações profissionais.
Faça a si mesmo as seguintes perguntas para verificar se está em dia com algumas habilidades políticas fundamentais:

1-É capaz de influenciar e administrar com eficiência as percepções que as pessoas têm de você e suas ideias?
2-Consegue converter inimigos em aliados?
3-Você pode antever e administrar resultados e consequências com bastante antecipação?
4-Suas ideias são ouvidas e bem aceitas?
5-Você está em evidência?

Se você respondeu não a pelo menos uma das perguntas, precisa ainda aprender muito sobre política. As habilidades políticas citadas acima determinam o sucesso profissional, mas significam apenas o começo.
O talento político engloba um conjunto complexo de capacidades. Perguntaram certa vez a Albert Einstein: “Por que a mente humana conseguiu desvendar a estrutura do átomo, mas somos incapazes de descobrir os meios políticos que nos permitam evitar que isso nos destrua?” O grande cientista respondeu: “É simples, meu amigo. Isso ocorre porque a política é mais difícil que a física”.

A política é mais difícil que a física porque poucas pessoas dedicam tempo suficiente a seu estudo. A maior parte das escolas de Administração desconsidera completamente essa disciplina, embora o sucesso dos estudantes depenada, em grande parte, das próprias habilidades políticas. Esse é o caso de qualquer profissional, dos pesquisadores de ponta aos trabalhadores que operam máquinas. As universidades da área tendem a ignorar essa vertente da inteligência humana em favor de matérias mais técnicas, e muita gente talentosa sofre as consequências disso. Assim, essas pessoas abrem caminho no ambiente de trabalho dizendo o que lhes vem à mente ou omitindo o que deveria ser dito porque nunca aprenderam a diferença entre as duas atitudes.

A sensação de segurança no trabalho tem origem na capacidade de lidar com a forma como os outros tratam você e suas ideias. Isso se revela sempre válido, seja qual for sua posição hierárquica. Seja qual for sua posição hierárquica, as pessoas politicamente astutas procuram estar sempre a par dos acontecimentos que as envolvem e se comunicam com os outros para manter o alinhamento entre as próprias metas e os objetivos daqueles que estão no poder (ou chegarão lá em breve). Esforçam-se para conhecer bem os sistemas nos quais trabalham , os pontos de vista comuns que determinam esses sistemas, assim como suas falhas, e os comportamentos considerados controversos. Sabem como falar, compelindo os demais a lhes dar ouvidos. E, bem antes que surjam conflitos mais sérios, desenvolvem um verdadeiro arsenal de opções e uma gama de conexões que ajudam a tornar possíveis essas opções.

A arte da política não pode ser assimilada apenas por meio de discussões teóricas. Deve-se aprender sobre o assunto graças a observação, às tentativas de novas abordagens, aos erros e à capacidade de superação. As pessoas politicamente bem dotadas possuem sensibilidade incomum com relação ao ambiente que as cerca. Pequenos movimentos, alterações do tom da conversa e expressões emocionais não lhes escapam. Informações que parecem insignificantes a quase todos são quase sempre valiosas para os intuitivos, em qualquer ambiente que você esteja. As verdadeiras estrelas de qualquer empreendimento são as pessoas que enxergam , de fato, e usam o que veem para determinar sua linha de ação.

Você precisa, com o tempo e a prática, deixar de descartar de imediato suas intuições e aprender a valorizar e ouvir seus instintos, passando a compreendê-los melhor. Esse é um passo fundamental para adquirir habilidades políticas e progredir na carreira de executivo ou empresário.

Uma vez desenvolvida a intuição, você também precisa do insight necessário para responder criativamente a uma variedade de situações. Sua pior opção no trabalho é mostrar-se previsível, pois essa conduta fará de você uma presa fácil dos manipuladores e aproveitadores. Os bons políticos dispõem de um extenso repertório de reações que lhes permite preparar-se para tudo. Eles sabem que existem diversas formas de lidar com as circunstâncias: para cada porta fechada, há sempre uma entrada lateral ou uma janela.

É preciso aprender, também, a se preparar melhor para as circunstâncias que exigem traquejo político no ambiente de trabalho antes que elas ocorram. As pessoas que se precipitam na hora de falar ficam expostas a grandes riscos na volátil arena política, a menos que estejam bem preparadas. A magia da inteligência política repousa no trabalho antecipado, e não nas estratégias mirabolantes. Você deve estar atento às situações potencialmente danosas a sua carreira. Os políticos talentosos possuem muitas “antenas” que captam informações em geral descartadas ou negligenciadas pelos outros. Estão sempre à procura de indícios onde os demais nada veem. Por isso, trate de conhecer bem as características das pessoas com as quais convive e trabalha. Você deve dominar, igualmente, a habilidade do raciocínio rápido. As pessoas quase sempre se queixam de que as melhores respostas somente lhes ocorrem depois de passado o momento oportuno em que deveriam tê-las na ponta da língua. E então, com certeza, é tarde demais.

Muita gente falha na hora de pensar depressa e dar uma resposta à altura das circunstâncias. Mas, felizmente, tal condição pode ser corrigida. Quando aprender a pensar com estratégia, você conseguirá tudo o quer, ou quase tudo.

O talento político pouco representa sem o poder da persuasão. E não podemos simplesmente “executar” essa habilidade, e sim trabalhar para aprimorá-la. Você não pode apenas colecionar alguns truques e conseguir, dessa forma, o mais alto cargo de liderança, nem permanecer nele caso o alcance. Além disso, se não for capaz de influenciar os outros, sua estrada poderá tornar-se bem curta.

A política está, frequentemente, associada ao conceito de poder, como se ambos fossem a mesma coisa. Se, no entanto, eu tivesse de escolher entre persuasão e poder como base da política, elegeria a primeira, muito embora o poder seja um fator essencial aos políticos profissionais.

As pessoas dão atenção àqueles que percebem como poderosos. Escolhi o verbo “perceber” porque, na verdade, o poder está nos olhos do observador. Esse conceito é criado mais por meio dos relacionamentos que por uma questão de status. Mesmo as pessoas que não dispões de grande nível de status conseguem obter e manter o poder. Devem apenas entender alcança-lo e usá-lo com eficiência.

Assim como você deve aprender várias formas de desenvolver o poder em uma organização, talvez venha também a enfrentar momentos nos quais vai precisar de coragem. A vida das pessoas bem sucedidas, que se destacam naturalmente, nem sempre é fácil. Afinal, o vento bate primeiro nas árvores mais altas.

A política é inevitável e faz parte da vida, mas não deve ser considerada de forma negativa. Muitas empresas têm feito esforços para lidar com a questão de modo positivo.

Em resumo: É importante aprender ser político. É uma questão de sobrevivência neste mundo, cada vez, mais selvagem em que vivemos.

Everything is Political

Talking recently about a young corporate behavior, spoke of the importance of politics.
In any line of business, politics is not a spectator sport.
You can not be apolitical at work if you want to grow.
The only way to avoid the policy is to avoid people, exercising their functions in a hidden refuge. And these will undoubtedly perform the same functions as the rest of her life if she remains politically isolated.

In any job, when you reach a certain level of technical competence, it is politics that makes all the difference in achieving success. And at this point, believe, everything is politics. Brilliant professionals are beaten every day by his fellow supporters of the political game because they fail in time to get support for your ideas.

The policy involves sometimes visibility and submission rules, but is almost always related to the ability to express their ideas in favor of mold and knowing what to say, especially as, when and to whom to say it. The refusal to participate in what may consider “the incivility of the political game” is an attitude that will keep you away from the road, watching helplessly, the failure of their professional aspirations.
Ask yourself the following questions to verify that it is current with some skills fundamental policies:

1-It is able to influence and effectively manage the perceptions that people have of you and your ideas?
2-Can convert enemies into allies?
3-You can preview and manage results and consequences well in advance?
4-Your ideas are heard and well received?
5-You are in evidence?

If you answered no to at least one of them, still need to learn a lot about politics. Political skills mentioned above determine professional success, but they mean just the beginning.
The political talent encompasses a complex set of skills. Once asked Albert Einstein: “Why the human mind could unravel the structure of the atom, but we are unable to find the political means to enable us to prevent it from destroying us?” The great scientist replied: “It’s simple, my friend. This is because politics is more difficult than the physical. ”
Politics is more difficult than the physical because few people devote sufficient time to their study. Most business schools completely disregards this discipline, although the success of students plucked, largely of their own political skills. This is the case with any professional researchers rush to workers who operate machines. The area universities tend to ignore this aspect of human intelligence in favor of the more technical, and a lot of talented people suffer the consequences. Thus, these people give way in the workplace saying what comes to mind or omitting what should be said because they never learned the difference between the two attitudes.

The feeling of safety comes from the ability to deal with how others treat you and your ideas. This always proves valid, whatever their rank. Whatever their rank, the politically astute seek always be aware of events that involve and communicate with others to maintain alignment between individual goals and the goals of those in power (or get there soon) . Strive to meet and the systems in which they work, the common views that determine these systems, as well as their failures, and behaviors considered controversial. Know how to talk, compelling others to give them ears. And well before they arise more serious conflicts, develop an arsenal of options and a range of connections that help make these options possible.

The art of politics can not be assimilated only by theoretical discussions. One should learn about it through observation, attempts at new approaches to errors and the ability to overcome. The politically gifted possess unusual sensitivity with respect to their surroundings. Small movements, changes the tone of the conversation and emotional expressions not escape them. Information that seem insignificant to almost everyone are almost always valuable for intuitive, in any environment you are. The real stars of any business are the people who see, in fact, and use what they see to determine its course of action.

You must, with time and practice, stop immediately dismiss their intuition and learn to appreciate and listen to your instincts, going to understand them better. This is a key step to acquire political skills and advance their careers executive or entrepreneur.

Once developed intuition, you also need the insight needed to respond creatively to a variety of situations. His work in the worst option is to show up predictable because such conduct will make you an easy prey of manipulators and profiteers. Good politicians have an extensive repertoire of reactions that allows them to prepare for everything. They know that there are several ways to deal with the circumstances: for every closed door, there is always a side entrance or window.

One must learn also to better prepare for the circumstances that require political savvy in the workplace before they occur. People who rush at the time of speaking are exposed to great risks in the volatile political arena, unless they are well prepared. The magic lies in the political intelligence work anticipated, and not fancy strategies. You should be aware of potentially harmful situations his career. Politicians have many talented “antennas” that capture information generally discarded or neglected by others. Are always looking for clues where others see nothing. So it’s good to know the characteristics of the people with whom live and work. You must master also the ability of quick thinking. People often complain that the best responses only occur after they passed the appropriate time when they should have them at the ready. And then, of course, is too late.

Many people fail in time to think quickly and respond to the occasion. Fortunately, this condition can be corrected. When learning to think strategy, you want to get everything, or almost everything.

The talent just is not the political power of persuasion. And we can not just “run” this ability, and instead work to improve it. You can not just collect a few tricks and can, thus, the highest position of leadership, or stay in it if the scope. Furthermore, if it is not able to influence others, your road can become very short.

Politics is often associated with the concept of power, as if they were the same thing. If, however, I had to choose between persuasion and power as the basis of politics, would choose the first, even though the power is an essential factor to professional politicians.

People pay attention to those they perceive as powerful. I chose the verb “realize” because, in fact, the power is in the eye of the beholder. This concept is further created through the relationships that as a matter of status. Even people who do not hotdog great level status can obtain and maintain power. Means only reach it and use it efficiently.

Just as you should learn several ways to develop power in an organization, may also come to face moments in which will need courage. The lives of successful people, who stand out naturally, is not always easy. After all, the wind hits first in the tallest trees.

Politics is inevitable and part of life, but should not be regarded negatively. Many companies have made efforts to deal with the issue in a positive way.

In summary: It’s important to learn to be a politician. It is a matter of survival in this world, ever more wild where we live.

Anúncios

2 Respostas to “Tudo é Política”

  1. Beth Maia said

    Este artigo é uma realidade e uma aula como se moviimentar no mercado corporativo. Não quer ser político? Não atue em empresas…
    Parabéns pelo compartilhamento da sua visão.

    Curtir

    • HWBlog said

      Beth, Fico satisfeito por ter gostado. Você que é uma executiva experiente sabe que esta é a realidade do mundo corporativo e, também, das nossas relações pessoais. Se quero ser político profissional? De jeito nenhum. Sou aprendiz da política amadora, e continuo apanhando e aprendendo diariamente. Grato pelo acompanhamento. Beijos, Haroldo

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: