PrimeWork (Ano VII)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Tópicos recentes

  • Agenda

    fevereiro 2013
    D S T Q Q S S
    « jan   mar »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    2425262728  

O desafio de promover mudanças.

Posted by HWBlog em 25/02/2013

o desafio de promover mudançasCenários adversos e problemas com mudanças são causadores de noites de insônia para muitos Líderes. De acordo com John Kotter, professor de Liderança da Harvard Business School, 70% dos esforços de mudanças nas organizações fracassam. Além da perda de tempo e dinheiro, a credibilidade dos promotores da mudança, ou seja, os líderes fica muito abalada.

Maquiavel em 1518 no clássico livro “O Príncipe” já trazia também esse olhar: “Devemos considerar que não há nada mais difícil de realizar, de sucesso mais incerto, nem mais perigoso de se lidar do que se iniciar uma nova ordem das coisas. Pois quem faz uma mudança encontra inimigos em todos os que lucram com a antiga ordem e apenas indiferentes defensores em todos os que lucrariam com a nova ordem. Essa indiferença surge, em parte, do medo de seus adversários, que têm as leis em seu favor e, em parte, da incredulidade humana, que não acredita em nada de novo até que o tenha realmente experimentado”.

Mesmo sendo uma tarefa às vezes dolorosa, desafiadora e com uma margem de fracasso grande, as mudanças precisam acontecem. Kotter defende uma teoria em 8 passos para promover e liderar a transformação dentro das empresas.

1º Passo – Crie um senso de urgência;

2º Passo – Crie a aliança administrativa;

3º Passo – Desenvolva uma visão de mudança;

4º Passo – Comunique a visão para todos;

5º Passo: Dê poder para que as pessoas agirem;

6º Passo: Crie vitórias a curto prazo;

7º Passo – Não desanime;

8º Passo- Projete a mudança.

Ao comunicar a visão para a mudança, é preciso ter em mente que a visão deve ser:

  • Simples: uma única palavra ou até  mesmo um jargão.
  • Viva: uma imagem verbal vale  mais que mil palavras, ou seja, a comunicação deve fazer uso de metáforas,  analogias, por exemplo.
  • Repetitiva: as ideias devem ter o  poder de se espalhar no boca a boca.
  • Participativa: a comunicação de duas vias   é sempre mais poderosa do que a comunicação de cima para baixo.

The challenge of promoting change.

Adverse scenarios with changes and problems are causing sleepless nights for many leaders. According to John Kotter, professor of leadership at Harvard Business School, 70% of change efforts in organizations fail. Besides the loss of time and money, the credibility of the promoters of change, ie the leaders is very upset.

Machiavelli in 1518 in the classic book “The Prince” has also brought this look: “We must consider that there is nothing more difficult to carry out, more uncertain of success, nor more dangerous to handle than to initiate a new order of things. Anyone who does see a change enemies in all those who profit by the old order, and only indifferent defenders in all those who would profit by the new order. This indifference arises partly from fear of their adversaries, who have the laws in their favor and, in part, of human unbelief, who does not believe in anything new until you’ve actually experienced. ”

Even though it is a task sometimes painful, challenging and a great margin of failure, changes need to happen. Kotter argues for a theory in 8 steps to promote and lead the transformation within companies.

Step 1 – Create a sense of urgency;

Step 2 – Create the alliance management;

Step 3 – Develop a vision for change;

Step 4 – Communicate the vision for all;

Step 5: Empower people to act;

Step 6: Create short-term wins;

Step 7 – Do not be discouraged;

Step 8-Design change.

When communicating the vision for change, one must keep in mind that the vision should be:

• Simple: a single word or even a jargon.

• Viva: a verbal picture is worth a thousand words, ie, the communication should make use of metaphors, analogies, for example.

• Repetitive: ideas must have the power to spread word of mouth.

• Participatory: Two-way communication is always more powerful than communication from the top down.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: