PrimeWork (Ano IX)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Posts recentes

  • Agenda

    dezembro 2012
    D S T Q Q S S
    « nov   jan »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  

Sete tecnologias corporativas que vão naufragar em 2013

Posted by HWBlog em 21/12/2012

tecnologias 2013Chame-os de “as maiores falhas do mercado tecnológico”. Em 2013, algumas tecnologias vão desaparecer em um abismo e suspirar antes de finalmente morrer. Para executivos de TI que procuram fazer planos de contingência e aprovar orçamentos, essas são as tecnologias a se evitar.

1. Aplicações legadas

Relato: Gartner diz que SaaS agora está substituindo e expandindo aplicações legadas

Isso significa não ter que executar ou manter apps legados em um centro de dados. Você ainda pode depender de aplicações legadas, mas não irá executá-las da mesma maneira ou gerenciá-las em seus próprios data centers.

2. Aplicações móveis

Os mais brilhantes pensadores da tecnologia tem previsto o fim dos apps há algum tempo. Doug Pepper, da InterWest Partners, empresa de capital de risco, diz que os aplicativos se transformarão em agentes inteligentes que sabem sobre nossas preferências, localização, hora do dia e até mesmo nossa agenda.

Análise: Aplicativos Mobile: App vs App Nativo

Não precisaremos mais de um aplicativo de clima e tempo, ou até mesmo um widget. Em vez disso, o telefone irá personalizar a tela inicial para fornecer apenas os dados que precisamos com base em nossas próprias personalizações. Isso significa não ter de gerir centenas de aplicativos.

3. As tradicionais aréas de trabalho

Este é um paradigma interessante que pode exigir alguns ajustes em nosso pensamento. Hoje, seu PC desktop é o lugar onde você guarda aplicativos e fotos de seus filhos. Ao longo dos últimos anos, no entanto, dispositivos como o Google Chromebox mostraram quão antiquado um desktop é. (O Chromebox tem apenas um navegador. E nenhuma área de trabalho.)

Notícia: Windows 8 não traz boas vendas para PCs de consumo

Piriano, da ScienceLogic, diz que o desktop irá morrer em 2013, com as empresas cada vez mais se deslocando para uma área de trabalho virtual na nuvem .

4. Smartphones BlackBerry

Previsões sobre a morte iminente do smartphone BlackBerry já rodam por aí há mais de um ano. Atrasos constantes nas atualizações do sistema operacional e gerenciamento do volume de negócios são apenas parte do problema.

Análise: Novos dispositivos BlackBerry 10 impressionam, mas eles podem salvar a RIM?

A real questão: funcionários querem um celular de consumidor que possam usar no trabalho. Estamos conectados 24 horas por dia, 7 dias da semana, então ter um aparelho da empresa onde não é possível jogar Angry Birds não faz mais sentido.

5. Windows Phone

Android e iPhone ganharam, e, em 2013, a Microsoft finalmente decide desistir do Windows Phone. Por mais que a plataforma combine com o Windows 8 e os tablets Surface, o interesse do consumidor não está nem perto de relevante. A IDC espera que o Windows Phone tenha uma fatia de mercado de 11%  em 2016, enquanto a Ovum sugere uma participação de 13% em 2017, mas há poucos sinais de que os usuários do Android e do iPhone estão prontos para a mudança.

Blog: Windows Phone pode superar BlackBerry, mas isso importa?

Das 40 pessoas que eu conheci em uma recente conferência de tecnologia, poucas tinham um Android, o resto tinha iPhone e nenhuma um Windows Phone. Se os early adopters desistirem da plataforma, o que vai restar?

6. Private Branch Exchange (PBX)

O telefone de mesa em seu espaço de trabalho pode estar nas últimas. Adam Hartung, da consultoria  Spark Partners, diz que a maior falha de tecnologia em 2013 será o tradicional sistema corporativo de PBX.

Estudo de Caso: Implementando VoIP: Lições aprendidas ao tentar matar o PBX

O problema é que os custos crescentes e taxas de manutenção parecem cada vez menos atraente para as empresas, especialmente quando os funcionários começaram a trazer seus próprios gadgets para o trabalho e os utilizam exclusivamente. “Os funcionários estão felizes em trazer seu próprio telefone”, diz Hartung. “As empresas só precisam saber como coletar e gerenciar as conexões.”

7. Máquinas de fax

A máquina de fax finalmente morrerão no próximo ano, diz Keval Desai, um sócio da InterWest. Nós todos sabemos que fax é um sinal de uma outra época, quando os nossos dados fluiam através de linhas telefônicas. Novos serviços, como o Adobe EchoSign, oferecem uma maneira para que advogados, agentes de seguros e seu agente imobiliário obtenham uma assinatura digital verificável e transmitam contratos legais com autenticação completa.

Concordam com o autor do artigo?

– John Brandon, CIO/EUA

Seven enterprise technologies that will sink in 2013

Call them “the greatest failures of the technology market.” In 2013, some technologies will disappear into an abyss and sigh before finally dying. For IT executives seeking to make contingency plans and approve budgets, these technologies are to be avoided.

1. Legacy applications

Report: Gartner says that SaaS is now expanding and replacing legacy applications

This means not having to run legacy apps or maintain in a data center. You can still rely on legacy applications, but will not run them the same way or manage them in their own data centers.

2. Mobile Applications

The brightest thinkers in technology has predicted the end of the apps for some time. Doug Pepper of InterWest Partners, a venture capital firm, says that applications will become intelligent agents that know about our preferences, location, time of day and even our agenda.

Analysis: Mobile Apps: Native App vs. App

We will not need more than one application of climate and weather, or even a widget. Instead, the phone will customize the home screen to provide only the data we need based on our own customizations. This means not having to manage hundreds of applications.

3. The traditional areas of work

This is an interesting paradigm that may require some adjustments in our thinking. Today, your desktop PC is the place where you keep applications and photos of their children. Over recent years, however, devices such as Google Chromebox shown how a desktop is fashioned. (The Chromebox has only a browser. And no desktop.)

News: Windows 8 does not bring good sales for consumer PCs

Piriano of ScienceLogic, says the desktop will die in 2013, with companies increasingly moving to a virtual desktop in the cloud.

4. BlackBerry Smartphones

Predictions about the imminent death of the BlackBerry smartphone already run around for over a year. Constant delays in updates of the operating system and management turnover are only part of the problem.

Analysis: New BlackBerry 10 devices are impressive, but they can save RIM?

The real issue: employees want a phone that consumer can use at work. We are connected 24 hours a day, 7 days a week, so having an appliance company where you can not play Angry Birds no longer makes sense.

5. Windows Phone

Android and iPhone won, and in 2013, Microsoft finally decides to give up on Windows Phone. As much as the platform matches the Windows 8 tablets and Surface, consumer interest is not even close to relevant. IDC expects Windows Phone has a market share of 11% in 2016, while Ovum suggests a participation of 13% in 2017, but there are few signs that Android users and iPhone are ready for change.

Blog: Windows Phone can surpass BlackBerry, but does it matter?

Of the 40 people I met at a recent technology conference, few had an Android, iPhone and the rest had no a Windows Phone. If the early adopters of the platform give up, what will be left?

6. Private Branch Exchange (PBX)

The desk phone in your workspace may be the last. Adam Hartung, consultancy Spark Partners, says that the biggest flaw of technology in 2013 will be the traditional corporate PBX system.

Case Study: Implementing VoIP: Lessons learned while trying to kill the PBX

The problem is that rising costs and maintenance fees seem increasingly less attractive for companies, especially when employees began to bring their own gadgets for work and use them exclusively. “The staff are happy to bring your own phone,” says Hartung. “Companies just need to know how to collect and manage the connections.”

7. Fax machines

The fax machine finally die next year, says Keval Desai, a partner at InterWest. We all know that fax is a sign of another era, when our data flowed through telephone lines. New services, such as Adobe EchoSign, offer a way for attorneys, insurance agents and their real estate agent obtain a digital signature verifiable and transmit legal contracts with full authentication.

Agree with the article’s author?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: