PrimeWork (Ano VII)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Tópicos recentes

  • Agenda

    dezembro 2012
    D S T Q Q S S
    « nov   jan »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  

Ainda não é “O fim”

Posted by HWBlog em 15/12/2012

BB 70Ainda não é “O fim”

“O destino de uma pessoa nunca é um lugar, mas uma nova maneira de ver as coisas”

– Henry Miller, romancista

Muitos dos meus leitores me perguntam:

“Eu adoro essa coisa de aprender sobre o mundo dos negócios, mas quando chegarei ao fim?”

Pergunta errada. O autodidatismo, seja sobre os negócios ou sobre qualquer outro tema, é um processo que nunca acaba. Você nunca chegará ao ponto que dirá “Tudo bem, acabei. Não preciso aprender mais nada”.

Cada novo conceito que você descobre é um portal para milhares de outras oportunidades de exploração. É isso que faz do autodidatismo seja algo divertido e gratificante: sempre há algo novo para aprender.

Na filosofia oriental, Tao significa “caminho”, a sua jornada atual. O Tao não tem início nem fim, ele apenas é. Aprender sobre qualquer coisa é um Tao, é um processo sem fim. A própria jornada é a recompensa

Até os mestres na arte de ganhar dinheiro, como Warren Buffett, estão sempre em busca de coisas novas para aprender. Quando lhe perguntaram em uma entrevista com aluno da University of Nebraska-Lincoln quais superpoderes ele gostaria de ter, Buffett respondeu: “Gostaria de ser capaz de ler mais rápido”.

A maior parte do trabalho cotidiano de Buffett é ler relatórios financeiros e aprender novos conceitos, procurando novas maneiras de aumentar o valor de sua empresa.

Até a pessoa mais rica do mundo tem coisas que podem ser melhoradas e exploradas. Foi justamente essa curiosidade constante que os fez ter sucesso.

Certamente haverá marcos ao longo do caminho: terminar um livro, dominar uma nova habilidade, abrir um negócio, fechar uma venda. Mais cedo ou mais tarde, você descobrirá um novo caminho a ser tomado e a jornada continua.

Não há limites para o seu crescimento.

Gostaria de lembrar as sábias palavras de B.C.Forbes, o fundador da revista Forbes, que escreveu um artigo, em 1917, intitulado “Chaves para o sucesso”. Eu consulto o artigo com frequência para me lembrar de qual é a essência dos negócios e da vida:

– O seu sucesso depende de você; A sua felicidade depende de você; Você deve decidir o próprio caminho; Você deve criar o próprio destino; Você deve se educar; Você deve pensar por si só; Você deve viver com a sua própria consciência; A sua mente é sua e só pode ser usada por você; Você entra neste mundo sozinho; Você vai ao seu túmulo sozinho; Você está sozinho com seus pensamentos durante a jornada entre esses dois pontos; Você toma as próprias decisões; Você deve arcar com as consequências dos seus atos; Só você pode criar seus hábitos e fortalecer ou destruir sua saúde; Só você pode assimilar o mental e o material; Você pode realizar a própria assimilação ao longo de toda a vida; Você pode ser ensinado por um professor, mas é você quem deve absorver o conhecimento. Ele não tem como transferir o conhecimento para o seu cérebro; Só você pode controlar sua mente e seu cérebro; Você pode ter diante de si a sabedoria dos tempos, mas, a menos que a assimile, você não se beneficiará dela. Ninguém pode força-la a entrar no seu cérebro;  Só você pode mover as próprias pernas; Só você pode mover os próprios braços; Só você pode usar as próprias mãos; Só você pode controlar os próprios músculos; Você deve andar com as próprias pernas, física e metaforicamente; Você deve dar os próprios passos; Os seus pais não podem entra na sua pele, assumir controle do seu equipamento mental e físico e transformá-lo; Você não pode lutar as batalhas do seu filho. Ele deve fazer isso sozinho; Você deve ser o capitão do seu próprio destino; Você deve ver com próprios olhos; Você deve usar os próprios ouvidos; Você deve dominar as próprias faculdades; Você deve resolver os próprios problemas; Você deve formar os próprios ideais; Você deve criar as próprias ideias; Você deve escolher o próprio discurso; Você deve controlar a própria língua; A sua vida real são seus pensamentos; Você mesmo define os seus pensamentos; Você mesmo forma o seu próprio caráter; Só você pode escolher os materiais para formar seu caráter; Só você pode rejeitar o que não combina com o seu caráter; Você é o criador da sua própria personalidade; Só você pode ser causa da sua desgraça, mais ninguém; Só você pode se elevar e se sustentar, mais ninguém; Você pode escrever a própria história; Você deve construir o próprio monumento, ou cavar a própria cova; Qual deles você está fazendo?

– Haroldo Wittitz, consultor

Still not “The End”

“The fate of a person is never a place, but a new way of seeing things”

– Henry Miller, novelist

Many of my readers ask me:

“I love this thing to learn about the business world, but when I get to the end?”

Wrong question. The self-taught, whether on business or on any other issue, it is a process that never ends. You never get to that point will say “Okay, I’m done. I do not need to learn anything else. ”

Each new concept that you discover is a portal to thousands of other exploration opportunities. That’s what makes the autodidact is something fun and rewarding: there is always something new to learn.

In Eastern philosophy, Tao means “way”, his current journey. The Tao has no beginning or end, it just is. Learning about anything is a Tao is an endless process. The journey itself is the reward

Even the masters in the art of making money, like Warren Buffett, are always looking for new things to learn. When asked in an interview with a student at the University of Nebraska-Lincoln where he would like to have superpowers, Buffett replied: “I would like to be able to read faster.”

Most of the daily work of Buffett’s read financial reports and learn new concepts, looking for new ways to increase the value of your business.

Even the richest person in the world has things that can be improved and exploited. It was this constant curiosity that made them succeed.

Certainly there will be milestones along the way: finish a book, mastering a new skill, start a business, closing a sale. Sooner or later, you discover a new path to be taken and the journey continues.

No have limits to your growth.

I would like to remember the wise words of B.C.Forbes, the founder of Forbes magazine, who wrote an article in 1917 entitled “Keys to Success”. Article I refer often to remind me of what is the essence of business and life:

– Your success depends on you; Your happiness depends on you, you must decide your own path; You should create your own destiny, you must educate yourself, you should think of itself; You must live with your own conscience; Your mind is yours and can only be used by you; You enter this world alone; You go to your grave alone, you’re alone with your thoughts on the journey between these two points; You make your own decisions, you should bear the consequences of their actions; Only you can create your habits and strengthen or destroy your health, you can only assimilate the mental and material; You can perform their own assimilation throughout life; You can be taught by a teacher, but it is you who must absorb the knowledge. He has no way to transfer knowledge to your brain; Only you can control your mind and your brain, you may have before them the wisdom of the ages, but unless assimilate, you will not benefit from it. No one can force her to get into your brain, you can only move his legs, you can only move their own arms; Only you can use your own hands; Only you can control the muscles themselves; You should stand on their own legs physically and metaphorically; You should take the proper steps; Your parents can´t enter into your skin, take control of your mental and physical equipment and turn it, you can´t fight the battles of his son. He must do it alone; You must be the master of his own destiny; You should see with own eyes: You must use your own ears; You must dominate the faculties themselves; You must solve their own problems; You should form their own ideals ; You should create your own ideas; You should choose the speech itself; You must control his tongue; Your real life are his thoughts; You even define their thoughts: You even form your own character, you can only choose materials to form his character; Only you can reject what does not suit his character; You are the creator of your own personality; Only you can be the cause of his misfortune, nobody else, only you can elevate and sustain itself, more anyone; You can write their own history; You must build the monument itself, or dig his own grave; Which one are you doing?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: