PrimeWork (Ano IX)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Posts recentes

  • Agenda

    novembro 2012
    D S T Q Q S S
    « out   dez »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930  

Archive for 14 de novembro de 2012

O Efeito Pigmaleão

Posted by HWBlog em 14/11/2012

O Efeito Pigmaleão

“O Alto nível de realização sempre ocorre no contexto de um alto nível de expectativa”

– Charles Kettering, ex-chefe de pesquisas da General Motors

As pessoas tendem a mostrar-se à altura do nível das expectativas que os outros têm delas.

Em geral, as pessoas tendem a apresentar um desempenho até o nível esperado pelos outros. Se não esperar muito das pessoas com quem trabalha, é provável que você não as inspirará a elevar o desempenho até os limites do possível. Faça-as saber que você espera granes realizações delas e com muito frequência descobrirá que elas podem apresentar um excelente desempenho.

O Efeito Pigmaleão é uma tendência que recebeu esse nome em homenagem ao protagonista de um mito grego. Pigmaleão era um talentoso escultor que fez uma estátua de uma mulher tão perfeita que ele se apaixonou por sua criação. Quando Pigmaleão rezou desesperadamente a Afrodite, a deusa do amor, ela se compadeceu dele e deu vida à estátua.

O Efeito Pigmaleão explica por que todos os nossos relacionamentos são, em um sentido muito concreto, profecias autorrealizáveis. O efeito foi verificado pela primeira vez em estudos que examinavam o relacionamento entre professores e alunos. Se um professor acreditava que um aluno era “talentoso” ou “esperto”, ele agia de maneira que encorajava o aluno a se mostrar à altura dessa avaliação. Se um professor acreditava que um aluno era “difícil” ou “problemático”, o aluno não receberia tanto apoio e não apresentaria um desempenho tão bom, uma profecia autorrealizável.

Em “Como fazer amigos e influenciar pessoas”, Dale Carnegie recomenda “Dar aos outros uma excelente reputação para que eles desejem se mostrar à altura”. Ele era um homem sábio, eleve as suas expectativas sobre os outros e eles naturalmente farão o que puderem para atingir essas expectativas.

O Efeito Pigmaleão não é uma desculpa para manter expectativas infundadas em relação aos outros. Nem o melhor construtor do planeta seria capaz de replicar as pirâmides do Egito em uma tarde, de forma que esperar esse nível de desempenho de alguém é uma garantia de decepção e frustração. Esperar qualidade e desempenho ú uma coisa, esperar milagres é uma ilusão.

O Efeito Pigmaleão também traz consigo um paradoxo: ter altas expectativas em relação às pessoas produzirá melhores resultados, mas também  aumentará as chances de você acabar decepcionado. O Efeito de Expectativa implica que a nossa percepção de qualidade do trabalho de alguém é uma função das expectativas originais. Quanto mais altas forem as nossas expectativas, melhor será o desempenho das pessoas, mas o risco de nossas expectativas serem frustradas também é maior. Se você estiver realizando uma avaliação formal do desempenho de alguém, lembre-se de julgar o desempenho o mais objetiva e quantitativamente possível.

Faça com que os outros saibam que você espera um excelente trabalho e eles farão o máximo para concretizar as suas expectativas.

Haroldo Wittitz, consultor

Effect Pygmalion

“The high level of achievement always takes place in the context of a high level of expectation”

– Charles Kettering, former head of research for General Motors

People tend to show up at the height of the level of expectations that others have of them.

In general, people tend to behave to the level expected by others. If you do not expect much from people you work with, you’re likely not inspire them to raise performance to the limits of the possible. Let them know that you expect them granes accomplishments and very often find that they can present an excellent performance.

The Pygmalion Effect is a trend that is named in honor of the protagonist of a Greek myth. Pygmalion was a talented sculptor who made a statue of a woman so perfect that he fell in love with his creation. When Pygmalion prayed desperately to Aphrodite, the goddess of love, she took pity on him and gave life to the statue.

The Pygmalion Effect explains why all our relationships are, in a very concrete sense, autorrealizáveis ​​prophecies. The effect was first observed in studies that examined the relationship between teachers and students. If a teacher believed that a student was “gifted” or “smart”, he acted in a manner that encouraged students to show up to this review. If a teacher believed that a student was “difficult” or “problematic”, the student would not receive so much support and does not present a good performance as a self-fulfilling prophecy.

In “How to Win Friends and Influence People,” Dale Carnegie recommends “Give others a reputation to which they wish to rise to.” He was a wise man, raise their expectations of others and of course they will do what they can to meet those expectations.

The Pygmalion Effect is not an excuse to keep unrealistic expectations towards others. Not the best builder on the planet would be able to replicate the pyramids of Egypt in an afternoon, so expect this level of performance from someone is a guarantee of disappointment and frustration. Expect quality and performance ú one thing, it is an illusion to expect miracles.

The Pygmalion Effect also carries a paradox: having high expectations people produce better results, but also increase the chances that you end up disappointed. The Effect of Expectation implies that our perception of the quality of one’s work is a function of the original expectations. The higher our expectations, the better the performance of people, but the risk of our expectations being frustrated is also higher. If you are conducting a formal evaluation of the performance of someone, remember to judge the performance objectively and quantitatively as possible.

Let others know what you expect an excellent job and they will do their best to fulfill their expectations.

Posted in Gestão, Inteligência Emocional | Leave a Comment »