PrimeWork (Ano VII)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Tópicos recentes

  • Agenda

    agosto 2012
    D S T Q Q S S
    « jul   set »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  

Modelos mentais favoráveis ao empreendedorismo

Posted by HWBlog em 09/08/2012

Este artigo avalia o impacto dos modelos mentais positivos e negativos que determinam o sucesso ou o fracasso no mundo do empreendedorismo

Empreender é uma atividade desafiadora. Pessoas que empreendem por iniciativa própria desenvolvem suas habilidades técnicas, humanas e conceituais de maneira mais rápida e se tornam mais eficientes no mundo dos negócios. Aliado a isso, com planejamento e muita determinação, empreender pode ser uma atividade recompensadora.

A prática do empreendedorismo requer a construção de modelos mentais positivos, outro grande desafio para a maioria dos empreendedores. Modelos mentais são determinantes na capacidade de ação e reação das pessoas diante das situações mais adversas. Portanto, dependendo de como foram construídos ao longo do tempo, eles definem o seu grau de comportamento empreendedor.

Antes de prosseguir, é necessário identificar a origem dos modelos mentais e a maneira como se consolidam na sua vida. De acordo com Daniel Goleman, psicólogo e autor do best-seller Inteligência Emocional, as fontes dos modelos mentais são a maneira pela qual os seres humanos organizam e dão sentido às suas experiências.

O comportamento humano, segundo Goleman, é condicionado por modelos mentais e estes, por sua vez, são definidos com base em quatro pressupostos:

Biologia: rotula a capacidade de realização do ser humano com base nas suas limitações fisiológicas. O fato de alguém ser alto ou baixo, branco ou negro, cabeludo ou calvo, gordo ou magro, bonito ou menos favorecido em termos de beleza deve ser um fator de sucesso ou insucesso no mundo dos negócios? Infelizmente, é assim que muitas pessoas pensam e, por puro preconceito, inúmeros potenciais se dissipam no meio do caminho.

Linguagem: é o meio no qual se estrutura a consciência do ser humano. Quando você ouve um nordestino, um catarinense, um gaúcho dos pampas, um paulista do interior ou um carioca descolado conversando com aquele sotaque típico da sua região, o que lhe vem à mente? A forma de comunicação pode se constituir num fator de sucesso ou insucesso no mundo dos negócios?

Cultura: dentro de qualquer grupo – famílias, tribos, indústrias, organizações e nações -, os modelos mentais coletivos são desenvolvidos com base em experiências compartilhadas, razão pela qual a cultura pode ser considerada um modelo mental coletivo. Se você é filho de judeu, italiano, grego, alemão ou japonês, não importa, existe um conjunto de valores ou pressupostos típicos de cada cultura. De alguma forma, isso afeta os relacionamentos pessoais e profissionais. Se você é descendente de italiano, japonês, árabe ou judeu, por exemplo, já nasce com o espírito empreendedor mais acentuado.

Experiência pessoal: diz respeito ao sexo, à nacionalidade, à origem étnica, à condição social e econômica, às influências familiares, ao nível de educação e à maneira como as pessoas são tratadas por seus pais, irmãos, professores e companheiros de infância. A maneira como as pessoas começam a trabalhar e alcançam a autossuficiência também é fruto da sua experiência pessoal e isso também influencia o seu sucesso ou insucesso.

Na prática, os modelos mentais de uma pessoa, quando mal construídos, são determinantes para o fracasso nos negócios por conta própria. Por outro lado, quando bem construídos, os modelos mentais são o combustível necessário para a superação das dificuldades inerentes a qualquer negócio por conta própria.

Embora seja necessário considerar outros fatores, os modelos mentais são determinantes na formação do pensamento empreendedor. Prosperidade, riqueza, felicidade e sucesso nos negócios não acontecem para pessoas com modelos mentais negativos predominantes que atribuem a culpa do seu insucesso ao governo, à família, ao mercado e outros fatores.

Como saber se os seus modelos mentais são favoráveis ao empreendedorismo?

Em primeiro lugar, avalie o seu discurso. Se você é de origem humilde e natureza católica, como a minha, por exemplo, deve ter ouvidos coisas do tipo “o pouco com Deus bastante”, “dinheiro não dá em árvores”, “é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que o rico entrar na porta do céu” e outros típicos da sua criação.

Acredite ou não, essas pequenas frases foram mal utilizadas ao longo de milhares de anos e incorporadas de maneira repetitiva na vida de muitas pessoas. Se você considerar ainda os milhares de “nãos” que recebeu nos anos da infância e da adolescência, é natural que sua mente seja predominantemente negativa. Ao persistir nisso, torna-se mais difícil substituir o conforto do emprego fixo pelo arriscado mundo dos negócios.

Em segundo lugar, com base nos modelos mentais negativos, fruto da sua biologia, da sua cultura, da sua linguagem e da sua história pessoal, não existe outra forma de prosperar por conta própria se você não mudar radicalmente a sua forma de pensar.

O fato de você conhecer empresários falidos ou de ter passado necessidade por conta de um negócio familiar malsucedido não significa que também está condicionado ao fracasso, a menos que incorpore esses exemplos como seus modelos mentais negativos.

Como construir modelos mentais positivos e favoráveis ao empreendedorismo?

De acordo com T. Hark Eker, autor do best-seller Os Segredos da Mente Milionária, o seu mundo interior cria o seu mundo exterior. Acredito piamente nisso. O sucesso ou o fracasso também é reflexo do seu discurso e, consequentemente, das suas atitudes em relação ao dinheiro e aos negócios.

Com base nisso, muitas coisas que você sempre ouviu sobre dinheiro e negócios não são necessariamente verdadeiras. É preciso optar por novas formas de pensar, novas ideias e novos modelos mentais que contribuam para a sua felicidade e para o seu sucesso.

Dessa forma, procure condicionar a sua mente para se libertar das experiências negativas passadas em relação ao dinheiro e aos negócios a fim de criar um futuro rico, próspero e diferente daquele impregnado pelos seus pensamentos negativos.

A maneira de fazer as coisas na sua vida é você quem escolhe, portanto, avalie suas ideias e pensamentos e procure alimentar somente aqueles que lhe fortalecem. Pensamentos negativos não poderão ajudá-lo a construir um empreendimento de sucesso; ao contrário, vão consolidar ainda mais os seus modelos mentais negativos.

Você é responsável pelo seu próprio grau de sucesso financeiro, portanto, seja remunerado com base nos seus próprios resultados. Significa assumir a responsabilidade de construir o seu patrimônio por meio do seu próprio esforço, criatividade e persistência.

Procure focalizar as oportunidades e não os obstáculos. Espelhe-se nos empreendedores de sucesso que passaram por obstáculos até então julgados instransponíveis. Abra a sua mente e o seu coração. Pense grande com os pés no chão. Comprometa-se a ser bem-sucedido e o mundo não terá outra alternativa senão curvar-se aos seus pés.

O grande segredo é que não há segredo. O que existe é uma mistura de planejamento, garra, determinação, criatividade e uma vontade imensurável de vencer todos os desafios que existem quando se deseja trilhar o caminho do sucesso. There is no free lunch!

Por fim, esteja aberto e propenso a vencer por conta própria e risco. Aja, apesar do medo, da dúvida, da preocupação e do desconforto. Comprometa-se a crescer e a aprender todos os dias a fim de se tornar maior do que seus problemas. Do resto, o universo se encarrega.

Pense nisso, empreenda e seja feliz!

Haroldo Wittitz: Author, Editor and Publisher

Mental models favorable to entrepreneurship

This article assesses the impact of positive and negative mental models that determine the success or failure in the world of entrepreneurship

Entrepreneurship is a challenging activity. People who embark on its own initiative develop their technical skills, human and conceptual faster and become more efficient in the business world. Along with that, with planning and determination to undertake an activity can be rewarding.

The practice of entrepreneurship requires the construction of mental models positive, another major challenge for most entrepreneurs. Mental models are important in the capacity of action and reaction of people in the face of adverse situations. Therefore, depending on how they were built over time, they define the degree of entrepreneurial behavior.

Before proceeding, it is necessary to identify the origin of mental models and how to consolidate your life. According to Daniel Goleman, psychologist and author of the bestseller Emotional Intelligence, the sources of mental models is the way humans organize and give meaning to their experiences.

Human behavior, according to Goleman, is conditioned by mental models and these, in turn, are defined based on four assumptions:

Biology: labels the ability to perform in humans based on their physiological limitations. The fact that someone is tall or short, white or black, hairy or bald, fat or thin, beautiful or less favored in terms of beauty should be a factor in success or failure in business? Unfortunately, this is what many people think, and pure prejudice, numerous potential vanish along the way.

Language: is the medium in which the structure of human consciousness. When you hear one of the Northeast, one of Santa Catarina, a gaucho of the pampas, one of the interior of São Paulo or Rio cool talking with that accent typical of their region, what comes to mind? The form of communication can be a factor in the success or failure in business?

Culture: Within any group – families, tribes, industries, organizations and nations – the collective mental models are developed based on shared experiences, which is why the culture can be considered a collective mental model. If you are the son of Jewish, Italian, Greek, German or Japanese, no matter, there is a set of values ​​or assumptions typical of each culture. Somehow, it affects the personal and professional relationships. If you are a descendant of Italian, Japanese, Arab or Jew, for example, is born with the entrepreneurial spirit more pronounced.

Personal experience: with regard to gender, nationality, ethnic origin, social status and economic influences on family, education level and the way people are treated by their parents, siblings, teachers and childhood friends. The way people get to work and achieve self-sufficiency is also the result of personal experience and it also influences the success or failure.

In practice, the mental models of a person, when poorly constructed, are decisive for the failure in business on their own. On the other hand, when well constructed, mental models are the fuel needed to overcome the difficulties inherent in any business for yourself.

While it is necessary to consider other factors, mental models are crucial in the formation of entrepreneurial thinking. Prosperity, wealth, happiness and success in business does not happen to people with prevalent negative mental models that assign the blame for their failure to the government, family, market and other factors.

How to know if their mental models are favorable to entrepreneurship?

First, evaluate your speech. If you are of humble origin and catholic nature, like mine, for example, must have heard things like “the little God enough,” “Money does not grow on trees”, “is easier for a camel to go through a needle than the rich to enter the gate of heaven “and other typical of its creation.

Believe it or not, these small phrases are misused over thousands of years and incorporated in a repetitive manner in the lives of many people. If you also consider the thousands of “no’s” he received in childhood and adolescence, it is natural that your mind is predominantly negative. When it persists, it becomes more difficult to replace the comfort of a steady job for the risky world of business.

Secondly, based on negative mental models, the fruit of their biology, their culture, their language and their personal history, there is no other way to prosper on their own if you do not radically change their thinking.

The fact that bankrupts you know or need to have passed on behalf of a family business unsuccessful does not mean it is also conditional on the failure, unless it embodies these examples as your negative mental models.

How to build mental models positive and favorable to entrepreneurship?

In accordance with T. Hark Eker, bestselling author of The Secrets of the Millionaire Mind, his inner world creates your outer world. I firmly believe that. The success or failure is also a reflection of his speech and, consequently, their attitudes about money and business.

Based on this, many things you always hear about money and business are not necessarily true. You need to choose new ways of thinking, new ideas and mental models that contribute to your happiness and your success.

Thus, try to condition your mind to break free from past negative experiences with money and business to create a future rich and prosperous than that impregnated by their negative thoughts.

The way to do things in your life is up to you, therefore, evaluate their ideas and thoughts and look for food only those that will strengthen. Negative thoughts can`t help you build a successful venture, but rather will further consolidate their negative mental models.

You are responsible for their own degree of financial success, therefore, be paid based on their own results. It means taking the responsibility to build their assets through their own effort, creativity and persistence.

Try to focus on opportunities rather than obstacles. Reflect on the successful entrepreneurs who have gone through obstacles hitherto deemed insurmountable. Open your mind and your heart. Think big with your feet on the ground. Commit yourself to be successful and the world will have no choice but to bow at his feet.

The big secret is that there is no secret. What exists is a mixture of planning, determination, determination, creativity and a willingness immeasurable overcome all the challenges that exist when you want to tread the path of success. There is no free lunch!

Finally, be open and prone to win on your own risk. Act, despite the fear, doubt, worry and discomfort. Commit yourself to grow and learn every day in order to become bigger than their problems. Of the rest, the universe is in charge.

Think about it, undertake and be happy!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: