PrimeWork (Ano VII)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Tópicos recentes

  • Agenda

    junho 2012
    D S T Q Q S S
    « maio   jul »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930

Relações Humanas no Trabalho

Posted by HWBlog em 11/06/2012

Nas relações humanas no trabalho existem apenas três regras:

1) Colegas passam, mas inimigos são para sempre

A chance de uma pessoa lembrar de um favor que você fez a ela vai diminuindo a taxa de 20% ao ano. Cinco anos depois o favor será esquecido não adianta mais cobrar, mas a chance de alguém se lembrar uma desfeita se mantém estável não importa quando tempo passe. Se você estendeu a mão para cumprimentar alguém em 1997, e a pessoa ignorou a sua mão estendida você ainda se lembra disto.

2) A importância de um favor diminui com o tempo enquanto a importância de uma desfeita aumenta

Favor é como investimento de curtíssimo prazo; desfeita é como um empréstimo de longo prazo. Um dia ele será cobrado, e com juros.

3) Um colega não é um amigo

Colega é aquela pessoa que durante algum tempo parece um amigo. Muitas vezes até parece o “melhor” amigo. Mas isto só dura até um dos dois mudar de emprego. Amigo é aquela pessoa que liga para perguntar se você está precisando de alguma coisa; ex colega, que parecia amigo, é aquela pessoa que você liga para pedir alguma coisa, e ela manda dizer, que no momento, não pode atender.

Durante sua carreira uma pessoa normal terá a impressão de que fez um milhão de amigos, e apenas seis inimigos. Estatisticamente isto parece ótimo, mas não é. A lei da perversidade profissional diz que no futuro quando você precisar de ajuda, é provável  que quem mais poderá ajudá-lo é exatamente um daqueles poucos inimigos.

Portanto profissionalmente falando, e pensando no longo prazo, o sucesso consiste, principalmente, em evitar a fazer inimigos, porque por uma infeliz coincidência biológica os poucos inimigos são exatamente aqueles que tem boa memória.

Haroldo Wittitz: Author, Editor and Publisher

In human relationships at work there are only three rules:

1) Colleagues go, but enemies are forever The chance of a person remember a favor you did it decreases the rate of 20% per year. Five years later, the favor will be forgotten no good charge, but the chance of someone remembering a broken remains stable no matter how much time passes. If you reached out to greet someone in 1997, and the person ignored his outstretched hand you still remember it. 2) The importance of support decreases with time as the importance of an unmade increases Please be as short-term investment; is undone as a long-term loan. One day he is charged, with interest. 3) A colleague is not a friend Colleague is a person who for a time seems a friend. Often it seems like the “best” friend. But this only lasts until one of them change jobs. Friend is a person who calls to ask if you need anything; former colleague, who seemed a friend, is the person you turn to ask for something, and she sends word that the moment can not meet. During his career a normal person would get the impression he made a million friends, and only six enemies. Statistically it looks great but is not. The law says that work wickedness in the future when you need help, it is likely that anyone else can help you is just one of those few enemies. So professionally speaking, and thinking in the long term success is mainly to avoid making enemies because of an unfortunate coincidence biological few enemies are exactly those that have a good memory.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: