PrimeWork (Ano IX)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Posts recentes

  • Agenda

    abril 2012
    D S T Q Q S S
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930  

Archive for 3 de abril de 2012

Seja um empreendedor digital

Posted by HWBlog em 03/04/2012

Se você é comerciante e ainda não vende seus produtos ou serviços pela internet, fique atento, essa pode ser uma boa oportunidade para você. Em poucos anos a web será o principal ambiente para a realização de compras e quem não estiver preparado, vai perder a oportunidade de expandir ou até mesmo manter as vendas.

A democratização da banda larga, somada ao bom momento econômico do país, tem contribuído de forma intensa para o aumento das compras online. Um levantamento realizado pelo IBOPE em 2011 identificou que este crescimento tem acontecido num ritmo de cerca de 30% ao ano. Além disso, apesar de 70% das compras realizadas ainda estarem concentradas nas classes A e B, a classe C já é responsável por 23% das compras online, segundo dados do estudo Target Group Index (fevereiro 2010 a janeiro de 2011).

Para o lojista não naufragar, o segredo está em ficar atento às tendências deste mercado e ao comportamento do usuário. Por exemplo, a ‘mobilidade’ é a grande aposta do comércio eletrônico, impulsionada pelo uso cada vez mais frequente de dispositivos móveis como celulares smartphones e tablets. Para atender esta demanda, as lojas online precisam estar preparadas para atuar na plataforma móvel. Mais do que isso, as lojas que não se adaptarem nos próximos quatro anos poderão ter dificuldades em sustentar suas vendas nos canais eletrônicos.

As redes sociais também estão entre as grandes tendências para o comércio eletrônico em 2012. Porém, é necessário o uso inteligente do canal, sem restringir a atuação ao uso de banners e anúncios nos veículos sociais como o Facebook, por exemplo. O segredo está em criar engajamento com seus clientes, gerando um diálogo. Isso pode ser feito de diversas maneiras; cada lojista precisa descobrir como ser relevante na conversa com seu público, seja por meio de aplicativos, games, concursos ou virais para conquistar clientes e seguidores.

As compras coletivas também são um ótimo recurso para atingir novos públicos e ampliar a visibilidade de seus negócios. Com aproximadamente um ano e meio de forte atuação no Brasil, esses grupos já contabilizam milhares de usuários. Um conselho: planeje muito bem, saiba qual é o custo financeiro da ação e como você irá se preparar para a demanda excedente.

O lojista também precisa estar atento às discussões em curso no congresso, como a Lei de Proteção de Dados, Marco Civil da Internet e a Lei de Crimes na Internet. Se aprovados, estes projetos sem dúvida irão impactar o comércio eletrônico no Brasil. Órgãos como o Procon, Ministério Público e ONGs já estão atuando, mas também devem aumentar a atenção ao setor.

Segurança é outro tópico fundamental a ser observado pelos lojistas. Os usuários buscam cada vez mais conveniência, opções de pagamento e, principalmente, um sistema seguro – e quando encontram, tornam-se fiéis à loja. Os sistemas de pagamento online estão ganhando cada vez mais adeptos por oferecerem um alto nível de segurança, além de serem interessantes para os pequenos empresários, já que possuem políticas de proteção aos lojistas e consumidores.

Confira abaixo algumas dicas para garantir o sucesso dos negócios na web:

•  Disponibilize mecanismos de busca que permitem a rápida localização e pesquisa de produtos.

•  Ofereça informações detalhadas e claras sobre os produtos, incluindo fotos e/ou vídeos. O consumidor gosta do comércio online justamente pelo fato de poder analisar com calma as características e detalhes técnicos do item que pretende adquirir.

•  As opções de pagamento devem estar facilmente visíveis. Além disso, procure optar por aquelas que ofereçam operações rápidas, seguras e de preferência que mantenham a confidencialidade máxima dos dados financeiros dos consumidores.

•  Informe o tempo médio para entrega e sempre respeite os prazos.

•  Permita a escrita e visualização de resenhas sobre os produtos uma vez que facilita os consumidores no momento da escolha.

•  O website deve ser objetivo, simples e de fácil acesso, pois também precisa atender a demanda por acesso móvel.

Em resumo, qualidade de serviço e personalização do atendimento são itens essenciais para garantir o sucesso do seu negócio também no ambiente virtual.

Haroldo Wittitz: Author, Editor and Publisher

Digital Entrepreneurship
If you are a dealer and still does not sell its products or services online, stay tuned, this might be a good opportunity for you. In a few years the web will be the main environment for making purchases and who is not prepared, you will lose the opportunity to expand or even maintain sales.
The democratization of broadband, coupled with the good economic times the country has contributed to the intense increase in online shopping. A survey by IBOPE in 2011 identified that this growth has occurred at a rate of about 30% per year. Furthermore, although 70% of purchases are still concentrated in the classes A and B, class C is already responsible for 23% of online shopping, according to the Target Group Index study (February 2010 to January 2011).
For the shopkeeper did not sink, the key is to be aware of market trends and user behavior. For example, the ‘mobility’ is the main focus of e-commerce, driven by the increasingly frequent use of mobile devices like cell phones smartphones and tablets. To meet this demand, online stores need to be prepared to act on the mobile platform. More than that, the stores that do not fit in the next four years may have difficulties in sustaining its sales in the electronic channels.
Social networks are also among the major trends for e-commerce in 2012. However, it is necessary to the intelligent use of the channel, without restricting the action to the use of banners and vehicles such as Facebook, for example. The secret is to create engagement with their customers, creating a dialogue. This can be done in several ways, each retailer must discover how to be relevant to the conversation with your audience, whether through applications, games, contests or viral to win customers and followers.
The collective purchases are also a great resource for reaching new audiences and broaden the visibility of their business. With about a year and a half of strong performance in Brazil, these groups already account for thousands of users. A word of advice: plan well, know the financial cost of action and how you will prepare for the excess demand.
The merchant must also be aware of ongoing discussions in Congress, as the Data Protection Act, Civil Marco and Internet Crimes Law on the Internet. If approved, these projects will undoubtedly impact the e-commerce in Brazil. Bodies such as Procon, prosecutors and NGOs are already working, but should also increase attention to the sector.
Security is another key topic to be observed by shopkeepers. Users are increasingly seeking convenience, payment options, and especially a safe – and when they find they become loyal to the store. The online payment systems are gaining more fans by offering a high level of security, besides being interesting for small business owners, as they have policies to protect tenants and consumers.
Check out some tips to ensure business success on the web:
• Provide search engines that allow the rapid location and product research.
• Provide detailed and clear information about the products, including photos and / or videos. Consumers like online commerce precisely because it easy to analyze the characteristics and technical details of the item you wish to purchase.
• Payment options should be easily visible. Also, look for those that choose to offer the quick, safe and preferably to maintain the utmost confidentiality of consumer financial data.
• Find the average time for delivery and always respect the deadlines.
• Allow the writing and viewing reviews about the product since it facilitates consumers when making choices.
• The website should be objective, simple and easily accessible, they also need to meet the demand for mobile access.
In summary, service quality and personalized service are essential items to ensure the success of your business as well in the virtual environment.

Posted in Empreendedorismo | Leave a Comment »