PrimeWork (Ano VII)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Tópicos recentes

  • Agenda

    março 2012
    D S T Q Q S S
    « fev   abr »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031

O que é para a Empresa o Funcionário Ideal?

Posted by HWBlog em 16/03/2012

Será Que as Pessoas Sabem O que é um Profissional Qualificado?

Com certeza o profissional qualificado de 2012 não é o mesmo que o de 2010. Para se tornar um “talento”  nos dias de hoje é necessário que o profissional seja empreendedor.

Ser um funcionário empreendedor muda tudo em uma empresa. O que seria isso?

O funcionário de hoje precisa entender e se comportar como se ele fosse uma mini-empresa, ou um fornecedor dentro de uma empresa maior. Por exemplo, é como se a empresa onde ele trabalho fosse o seu cliente. Sendo assim eu preciso apresentar um produto de qualidade, fazer o marketing do trabalho que foi realizado através de relatórios e ter um bom preço!!

Partindo desse princípio é fácil percebermos porque hoje existe uma  grande dificuldade dos funcionários em entenderem o que é ser um “talento”.

Tratar a empresa como devedora de direitos, devedora de reconhecimento e elogios, é tratar mal um “cliente”. Os direitos, reconhecimento e elogios são conseqüência do bom trabalho desenvolvido.

Primeiro você apresenta o seu trabalho, por um valor que a empresa esteja disposta a pagar, depois você faz o marketing do seu trabalho, e depois poderá renegociar seu passe.

Enquanto profissionais ficarem somente se queixando da falta de reconhecimento, das exigências e tudo mais, nada mudará….

Aja, faça, tenha iniciativa, e você verá que o “seu chefe” não vai querer abrir mão de um funcionário comprometido e talentoso como você, pois são características hoje raras no mercado de trabalho!!

Mude sua visão, o trabalho que você desenvolve em uma empresa é como se fosse um produto que ela está disposta por ele pagar, então faça o MELHOR trabalho possível, MANDE relatórios, pois esses são as ferramentas que você tem para mostrar ao seu chefe tudo o que você faz, É O SEU MARKETING, e tenho certeza que o reconhecimento virá!!

Boa Sorte!!

Haroldo Wittitz: Author, Editor and Publisher

What is the Employee to the Company Ideal?
Does Do People Know What is a Skilled Worker?
Surely the qualified professional in 2012 is not the same as 2010. To become a “talent” these days is necessary is that the professional entrepreneur.
Being an entrepreneur official changes everything in a company. What could this be?
The employee of today need to understand and behave as if it were a mini-company, or a supplier within a larger company. For example, it is as if the company he was working his client. So I need to provide a quality product, do the marketing work done through reports and have a good price!
Based on this principle is easy to realize because today there is a great challenge for employees to understand what being a “talent”.
Treating rights as a debtor company, liable for recognition and praise, is mistreating a “client”. The rights, recognition and praise are the result of good work.
First you present your work, a value that the company is willing to pay, then you do the marketing of their work, and then you can renegotiate your pass.
As professionals become only complaining about the lack of recognition of the requirements and everything, nothing will change ….
Act, do, have initiative and you will see that the “boss” will not want to let go of an employee committed and talented as you, because features are now rare in the labor market!
Change your vision, the work that you develop in a company is like a product that she is willing to pay for it, then do the BEST job possible, SEND reports, because these are the tools you have to show it to your boss what you do, IS YOUR MARKETING, and I’m sure that recognition will come!
Good Luck!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: