PrimeWork (Ano IX)

Liderança, Atitude, Desafios, Ações e Conquistas para o Empreendedor Moderno

  • About

    O Mundo todo celebra uma grande capacidade humana de empreender.

    Do mesmo modo que é vibrante, a estrada do empreendedor é repleta de obstáculos. Quer para abrir ou fazer crescer um negócio próprio, quer para avançar propositivamente dentro de uma corporação.

    Nesse sentido este blog busca preencher com informações, entrevistas e cases de sucesso pessoal e corporativo as muitas lacunas que se abrem quando surge o tema da iniciativa pessoal dos negócios.

    Esperamos que este blog, possa de alguma forma contribuir para o crescimento dos empreendedores.

    Haroldo Wittitz, Editor and Publisher

    The whole world celebrates a great human capacity to undertake.

    Similarly that is vibrant, the way to entrepreneurship is fraught with obstacles. Want to open or grow a business, want to move forward with proposals within a corporation.

    In this sense seeks to fill this blog with information, interviews and success stories of the many personal and corporate loopholes that open when the subject arises from the personal initiative of business.

    We hope this blog, can somehow contribute to the growth of entrepreneurs.

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

  • Posts recentes

  • Agenda

    março 2011
    D S T Q Q S S
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  

Archive for 4 de março de 2011

Quem tem chefe é índio, as empresas precisam de líder coach

Posted by HWBlog em 04/03/2011

O mercado está aquecido e cada vez mais precisamos de líderes comprometidos em nossas organizações, as exigência mudaram, já passamos a fase dos “chefes”, as empresas estão se profissionalizando e a Gestão também, hoje o espaço do chefe está sendo mudado para o “coach”. Muitas empresas já estão capacitando seus lideres para administrar nessa nova forma, o que será o tema desse artigo.

O termo coach é proveniente do inglês e designa os papéis de técnico, mentor, treinador e facilitador. No âmbito do desenvolvimento pessoal e profissional, o coach é um grande aliado para o seu progresso, orientando de forma a mater a equipe sempre alinhada com suas metas e seus objetivos. Precisamos entender que Coaching é um processo, com início, meio e fim, definido em comum acordo entre o coach (profissional líder) e o coachee (funcionário) de acordo com a meta desejada pelo cliente, onde o coach apoia o funcionário na busca de realizar metas de curto, médio e longo prazo, através da identificação e uso das próprias competências desenvolvidas, como também do reconhecimento e superação de suas fragilidades.”

As mudanças na gestão das organizações também, procura-se mais hoje atração de profissionais que apresentem esse perfil. O Papel dos líderes atuais é alguém que treina seus funcionários através de processos focados em ações e façam o desenvolvimento da competência de seus funcionários, utilizando ferramentas e dando oportunidades para que cada um possa desenvolver bem sua atividade. Para isso o líder coach precisa ter a visão sistêmica da organização e precisa desenvolver o trabalho para a que a equipe veja-o como aliado, ou seja, alguém preocupado com o desempenho profissional de seus funcionários, mostrando a direção correta e fundamentalmente tendo respeito pelo liderado enquanto ser humano. Em uma pesquisa realizada pela revista exame, demonstram os motivos dos funcionários saírem das empresas, em sétimo lugar ficou a “política salarial” que não estimula” e em terceiro lugar ficou o “não reconhecimento dos resultados pelo chefe”, percebemos que não é só salário o mais importante, e sim um ambiente de trabalho agradável.

Todos os fatores relatados nesse artigo demonstram a importância e influência do líder de uma equipe, se você tiver ou identificar potencial de algum funcionário com esse perfil, é a pessoa certa para investir no desenvolvimento.

Reflita sobre o assunto, na sua empresa os líderes são “chefes” ou “coach”?

Posted in Artigos | Leave a Comment »

Metas e objetivos: 7 dicas motivadoras

Posted by HWBlog em 04/03/2011

Encontre uma razão: a maioria das pessoas desiste facilmente porque na verdade não tem uma razão séria para continuar. Se quiser atingir seus objetivos, encontre uma razão para aquilo. Um motivo tão forte, tão motivador, tão contagiante, que todas as dificuldades que surgirem parecerão pequenas. Quando parecer que lhe faltam forças, é porque na verdade está faltando um motivo. Encontre uma forte razão, e força é o que nunca mais lhe faltará.

Dedicação e persistência: Se você parar para pensar, com certeza vai se lembrar de alguma vez que tentou alcançar um objetivo que parecia impossível, mas com muita persistência e determinação, você conseguiu. Mas só porque você levou aquilo a sério e realmente se dedicou. Ao tomar a decisão de alcançar um objetivo, leve isso muito a sério.

Identifique onde pode melhorar: Faça uma lista de livros que deveria ler, cursos que deveria fazer, pessoas que deveria conhecer, experiências que deveria ter. E comece a eliminar, uma por uma, as barreiras entre você e seus objetivos. Todo o dia ao acordar você tem duas escolhas a fazer: continuar com os hábitos destrutivos que você tem, ou livrar-se deles e começar a melhorar imediatamente. Ninguém faz essa escolha por você. Qual dessas escolhas você vai fazer hoje?

Cuide-se: Muitas vezes vemos pessoas tão obcecadas atrás de seus objetivos, que se esquecem de cuidar da sua saúde física e mental. Muitas pessoas não dão 100% de si simplesmente porque não conseguem – sentem-se tão mal que a simples idéia de um esforço, sejam físico ou mental, já é por si só cansativa. Mente sã e corpo são com certeza ajudam muito a atingir objetivos. Melhor ainda, permitem que você desfrute o sucesso de forma mais agradável (do que adianta ter sucesso e estar doente, ou morto?).

Pensamento Positivo: Otimistas conseguem mais, e ainda por cima aproveitam melhor o viagem! Na dúvida, seja um otimista. Se você vai pensar alguma coisa, que seja positiva e encorajadora. Faça com que seus pensamentos enriqueçam sua vida, não o contrário. É você quem escolhe o que vai pensar, então porque não escolher coisas boas? O copo está metade cheio, ou metade vazio? Está metade cheio, e de champagne! E se estiver vazio, encha-o e faça um brinde!

Papo Positivo: Ao falar com você mesmo, use termos positivos. Muitas vezes seu pior inimigo é você mesmo – aquela vozinha interior dizendo “Vai dar errado! Não vai funcionar! Você é burro mesmo! Você já tentou e não conseguiu – desista!”. Essa repetição constante acaba criando correntes mentais – barreiras imaginárias que nos impedem de alcançar objetivos. Então quando conversar com você mesmo, seja um guru sábio otimista e paciente, não um chato negativo e cobrador, como muitas vezes fazemos.

Ação Positiva: Depois de tudo isso, só falta agir! Não existe sucesso somente com pensamento positivo. Você tem que fazer algo. Você já tem o objetivo, já sabe o que tem que fazer. Agora faça! Uma sensação de urgência, de pressa, é o que diferencia as pessoas de sucesso do resto. Elas agem. Fazem. Erram! E aprendem, e voltam e fazem de novo, só que desta vez melhor. As outras 6 dicas não servem para nada se você não colocar esta sétima em prática.

Posted in Artigos | Leave a Comment »

Cliente fidedigno

Posted by HWBlog em 04/03/2011

Todos os donos de negócio vão em busca de clientes fiéis, aqueles que compram e pagam. Esses nem sempre são bem abonados, normalmente são assalariados e compram pão e leite todos os dias ao contrário dos com maior poder aquisitivo que compram e pagam mais, porém aparecem uma vez no ano. É importante ressaltar que ambos os clientes são importantes para o sucesso do negócio.

Os clientes de todos os dias além de comprarem sempre a mesma coisa, adoram um bom bate-papo, geralmente com assuntos triviais sobre novelas, BBB, futebol, entre outros. Ficam felizes quando indagados sobre seus filhos, pais, irmãos, enfim, tudo que de alguma forma os deixam contentes.

Os clientes anuais compram uma vez no ano em grande quantidade, não curtem tanta conversa, compram e pagam sem reclamar. Também são considerados relevantes para o negócio. No final os dois clientes geram lucro para o negócio, se compararmos os valores das compras de todos os dias e anual.

Para os donos de negócio, cativar estes clientes é um desafio, por terem perfis diferentes, a estratégia de venda também deve ser diferenciada. O comprador de todo o dia deve encontrar os produtos diários fresquinhos e vendedores a fim de contribuir para que sua compra seja agradável e com um bom bate-papo. Ao contrário do freguês anual, que compra somente uma vez no ano produtos novos e diversificados.

Que tipo de estratégia deveria ser aplicado para estes clientes já que possuem perfis tão diferenciados?

1 Treinar a equipe para ficarem mais próximas do freguês diário, conhecendo assim, nome de filho, irmão, pai, mãe e também seus programas preferidos, novelas, futebol, entre outros;

2 Manter os produtos diários fresquinhos levando sempre em consideração o gosto do cliente;

3 Estar atento para buscar os últimos lançamentos de produtos para atualização de estoque, principalmente os anuais;

4 Estipular formas de pagamento dos produtos em lançamento que atraiam também os clientes diários;

5 Manter a clientela informada a partir de panfletos entregues no momento da compra e também enviados para a lista de e-mails;

6 Os brindes, sorteios, também são alternativas inteligentes de atrair os clientes;

O sucesso do negócio se dará quando a partir da estratégia utilizada, o comprador anual também tornar-se diário e o comprador diário além de comprar produtos diários comprar os lançamentos. Mas para que isso ocorra à equipe de marketing deverá ser incansável e persistente.

Posted in Artigos | Leave a Comment »

No Encalço das Líderes

Posted by HWBlog em 04/03/2011

Neste livro, Steven J. Spear (Bookman) descreve o que diferencia as velozes organizações líderes de mercado.

A grande contribuição da obra reside na forma como o autor fez a sua pesquisa: ele foi trabalhar nas empresas citadas na obra, para entender como as pessoas pensam quando projetam e melhoram um processo.

Posted in Livros | Leave a Comment »